18/12/2011

Sim, esse Barça é real!

Vinícius Dias

Que o Barcelona do gênio Lionel Messi tem um dos melhores conjuntos da história, ninguém jamais ousou duvidar. Mas, que o Santos do ótimo Neymar poderia desbancá-lo, inúmeros futebolistas insistiam em acreditar. Talvez, motivados pelas intermináveis - e até exageradas - comparações entre os ídolos sulamericanos, ou simplesmente, por desconhecerem o magnificente futebol apresentado (há tempos) pelos catalães.

E nesse domingo, nada foi diferente. Dominando as estatísticas de posse de bola, os espanhóis aniquilaram as ações ofensivas do Peixe e, conforme esperado, não tiveram dificuldades para superar a frágil defesa dos paulistas. Resultado: um show do craque argentino, e massacre do Barça na fria noite japonesa.

Aos blaugranas, bem mais que o título Mundial - a 13ª conquista, em quatro temporadas sob o comando de Pep Guardiola - e a ótima vitória sobre o rival de Madrid, as duas últimas partidas confirmam o leque de (confiáveis) variações táticas quando da ausência de David Villa, contundido e, em teoria, principal peça ofensiva da equipe.

Aos alvinegros, fica a certeza de não terem sido páreos para um adversário que beirou a perfeição. Se o Santos foi brilhante em 2011, e merecedor do rótulo de Rei das Américas, é bem verdade que há de percorrer um árduo caminho até ameaçar o - incontestável - reinado barcelonista. Caminho este, maior que o imaginado por Muricy Ramalho.

E sim, este Barça que atua sem um centroavante sequer, que abusa dos toques rápidos e tem o argentino Lionel Andrés Messi em forma estupenda, é histórico e real. 

Sorte de que tem o prazer de vê-lo!
Ou seja, sorte sua. Sorte nossa...

8 comentários:

  1. EU acho que o maior problema não foi a derrota até esperada do time do Santos, mas sim a postura do time armado pelo COVARDE Murici Ramalho.

    Não gosto do estilo de jogo dele. É vencedor? Sim, até é, mas para mim esse futebol covarde que ele adota nos times que ele dirige, é deprimente.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o post. Na minha opinião, um dos principais fatores foi a falta de HUMILDADE do time santista. Chegaram lá, achando que ''ía'' acabar com o Barcelona. Muita gente colocou a culpa no Neymar. Não creio que seja culpa do garoto, aliás o time tem 11 jogadores e não 1. Fica aí o meu comentário. Abs

    ResponderExcluir
  3. Já era sabido a dificuldade q o Santos passaria, sistema defensivo é fraco, Edu Dracena bom jogador mas já velho e lento, Durval não sei pq o Santos insiste, velho, lento, e confirmou ontem q é muito fraco,não tem laterais de fato, danilo e léo são dois alas, a opcao pelo Bruno Rodrigo foi válida, mas deveria ter treinado soluções no Brasileirão, Bruno Rodrigo aliás achei uma ótima revelação o seu futebol,mostrou que pode vir a jogar muito bem, pelo pra mim q nao o acompanho e vi so jogando ontem, era o melhor da zaga. Além disso um time q gosta d atacar igual o Santos, qdo atacado pena no sistema defensivo. Não deveria ter abdicado do seu jeito de jogar, mas para isso tinha q ter uma melhor Esquema Defensivo, com zagueiros, laterais e volantes formando um Paredao lá atrás, no estilo Inter de Milão do Mourinho e saindo pro jogo...de 10 chances com Barcelona o Santos tinha chance de vencer uma, e esta uma não era ontem. Que sirva o aprendizado e que Venha um 2011 de ótimo futebol pelas Américas...Abraço

    ResponderExcluir
  4. Bom texto, principalmente em relação aos elogios ao Barcelona. Mas não concordo com o Santos como grande time das Américas em 2011. Foi eficiente na libertadores sem encantar e passou 6 meses de "férias" e falhouj muito no planejamento. O Santos de Muricy nunca brilhou e não seria contra o Barça que ele ia fazer.

    ResponderExcluir
  5. Concordo que o Santos (ao contrário do período em que foi comandado por Dorival Jr.) não encantou. Quanto ao erro no planejamento, acredito sim, que tenha havido. Afinal, os titulares que "descansaram" no Pré-Mundial, atuaram, sem necessidade, no Pós-Libertadores.

    Entretanto, pela eficiência e regularidade demonstradas na competição continental, mesmo com dois jovens (Neymar e Ganso) na condição de craques, creio que o Santos mereça o rótulo de "Rei das Américas". Ainda que seja um reinado contestável.

    ResponderExcluir
  6. O Barcelona tem beirado a perfeição, não pelo fato de sua qualidade técnica, e sim por algo que a maioria dos chamados treinadores não percebem e/ou não conseguem anular: O Esquema tático do Barcelona. Quero chamar a atenção para 3 itens:
    O Barça joga com um volante único, que mesmo assim, não tem jogado de volante. Recua e forma um trio de zaga com Puyol e Piqué, liberando Abidal e Dani Alves a se tornarem verdadeiros pontas.
    O Meio é formado por Xavi, Iniesta. Teoricamente dois armadores, que recuam e se tornam volantes, o que confunde os marcadores, que avançam no campo na tentativa de minar a criação das jogadas. Com um Messi centralizado no meio, livre para fazer o que quer com a Bola. Temos no ataque, dois atacantes, Villa e Pedro, e agora Alexi Sanches que alternam com Messi essa função de Meia com Messi, o que causa uma Pane no sistema de marcação adversária.
    Por isso digo, O Segredo do Barcelona não é a reconhecida técnica e genialidade dos jogadores. É a alternância de esquema durante a partida...

    3-5-2, 4-3-3, 4-1-3-2. Qual o esquema? A resposta correta é, todos. Varia através do comportamento do adversário em campo.

    ResponderExcluir
  7. Melhor time que já vi jogar!
    Não duvido que seja o melhor time da história...

    Outra constatação é que o futebol brasileiro está em decadência total... isso é fato!

    ResponderExcluir
  8. Santos foi decepcionante. Perdeu sem conseguir sequer incomodar. Perder para esse Barça é inevitavel. Perder como perdeu, inaceitável

    ResponderExcluir