30/06/2012

Victor: com cara de solução

Vinícius Dias

O problema da meta atleticana é antigo, quase crônico. Desde a saída de Diego Alves, titular absoluto do Valencia, a camisa 1 vagou. Resultou em aventuras, tentativas diversas... Até a tuitada do ousado Alexandre Kalil, que resolveu investir em Victor; titular do Grêmio, presença constante na Seleção Brasileira desde 2009.

O mercado não era bom. O alvinegro sondou Felipe, em péssima fase no Flamengo; e Orión, pouco seguro, mas titular do Boca, finalista da Copa Libertadores. Não deu jogo. Foi aí que, de novo, o presidente deu o tiro certo. Ofereceu a posse definitiva de Werley, destaque no time tricolor, e ficou com Victor.

Victor, ex-Grêmio: reforço do Galo
(Créditos: Rafael Ribeiro/CBF/Divulgação)

Que pode ser o goleiro dos raros títulos pelo Grêmio (apenas um gaúcho, em 2010), mas também a Muralha Tricolor que chegou à seleção nacional. Que pode ser o goleiro inseguro da atual temporada, mas também o que esteve entre os melhores do Brasileiro, de forma consecutiva, nos últimos três anos.

Diante de erros e acertos, Kalil opta por não se omitir.
Victor se parece com vitória. E, a princípio, é solução... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário