25/06/2012

A primeira impressão...

Vinícius Dias

Recém-saído do Internacional, onde desapontou, Jô chegou ao Atlético, a pedido de Cuca, trazendo consigo alguns rótulos pouco agradáveis. Era o atacante dos raros gols (apenas seis em 36 partidas pelo Colorado) e das intermináveis polêmicas. Custou caro. Parecia ser investimento arriscado. Kalil tentou a sorte...

E o avante, cria das divisões de base do Corinthians, até o momento não decepciona. Voluntarioso, se movimenta, abre espaços. Contribui demais. Nos quatro jogos em que participou, foi decisivo em quatro dos sete gols alvinegros. Marcou dois, assistiu o garoto Bernard, e sofreu o pênalti que resultou em gol de R49.

De volta à boa fase, Jô comemora
(Créditos: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Substituto do lesionado André, artilheiro e destaque do Galo na conquista (invicta) do campeonato estadual, ele tem cumprido as 'promessas' feitas durante sua apresentação: esquecer o passado, focar o presente e, em campo, demonstrar seu valor.

O belo começo de Jô surpreendeu até os mais otimistas.
Se a primeira impressão é a que fica, ele terá vida longa.

3 comentários:

  1. Acho que ainda é um pouco cedo pra falar se ele dará certo ou não. Como você mesmo citou, em 36 partidas, ele fez 6 gols.
    Tem ajudado bastante? Impossível negar. Mas estamos em uma fase de testes, entre cornetar e não cornetar...
    Melhor esperar mais um pouco. Mas, se Deus quiser, ele fará diferente no Glorioso.
    Saudações!

    ResponderExcluir
  2. Ainda precisa mostrar muita coisa, mas está no caminho certo.

    ResponderExcluir
  3. tbm concordo com a Gabriela Resende, mas q este time tem tudo p dar certo isso tem viu, so a evidencia q esta tendo com a chegada do R49, todos querem jogar td q sabem p cair nas graças da torcida e dos times do exterior, então.... ''vamos vencer td, pq este é o nosso ideal''.. #Galooo

    ResponderExcluir