12/08/2012

As lições do estadual

Vinícius Dias

Onze vitórias, dois empates e uma derrota. Os números do líder Atlético nas primeiras 14 rodadas da série A impressionam. Aproveitamento que supera o do Cruzeiro de 2003, campeão com pontuação recorde, e que a essa altura tinha 68,9%. O Corinthians, atual vencedor, já contabilizava duas derrotas e 73,3% em igual período. O Galo de Cuca alcança 83,3% dos pontos que disputa.

O crescimento é exponencial. A zaga, artilheira, é segura demais. E conta com decisivo apoio dos volantes, em ótimo momento. Ronaldinho Gaúcho, que parece ter retomado a vontade de jogar futebol, é o esteio de Jô, que se movimenta muito, e do jovem Bernard, principal figura do Brasileirão até o momento.

Exemplo tático

Seja no 4-2-3-1 habitual, que resgata a antiga ideia dos pontas, ou no 4-3-1-2, em que Bernard (ou Gaúcho) faz companhia à Jô, o esquema de Cuca tem funcionado muito bem. Ainda melhor que no título estadual, conquistado de forma invicta após 36 anos. E ganha força extra do ótimo início, que faz do alvinegro o time de melhor defesa e ataque mais eficaz do certame. O cansado ego atleticano tem se alimentado do bom futebol em doses protéicas.

Campeão ou não, o Atlético entendeu a lição do estadual.
É simples: acreditar nos defeitos, duvidar das qualidades.

2 comentários:

  1. Realmente esse bom inicio de campeonato Brasileiro empolga, mas ao mesmo tempo em que o Galo dispara no inicio como nunca antes visto, os adversários não se distanciam. Acredito que nos anos anteriores os lideres já tinham alguma "gordurinha". Acho também que fora do 4-2-3-1 o Atlético não rende nem a metade do que se vê nessa formação. De toda forma é muito bom ver o Galo no topo e que assim continue até o final.

    ResponderExcluir
  2. Curiosamente, nenhum deles tinha a tal "gordurinha", André.

    O recordista Cruzeiro (31) estava um ponto a frente do Santos (30), que foi vice-campeão em 2003. No ano passado, Corinthians e Flamengo tinham a mesma pontuação (33).

    O Atlético (35), que tem um jogo a menos, e um ponto de distância para o Vasco (34), é quem pode abrir a maior vantagem caso vença o Flamengo no jogo remarcado para 26 de Setembro.

    Um abraço!

    ResponderExcluir