07/09/2012

Pitacos do Brasileirão

Vinícius Dias

Com gols de Wellington Nem (dois) e Samuel, o Fluminense/RJ derrotou o claudicante Santos/SP e assumiu a liderança do Brasileirão. Pela primeira vez, o tricolor carioca figura na ponta. Logo quando perdeu Fred e Deco. Elenco testado e aprovado por Abel. Melhor ataque (37 gols marcados) e defesa (15 sofridos) da competição. Diego Cavallieri, em excelente forma, decisivo até aqui.

Wellington Nem comemora, Flu lidera
(Créditos: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

Somente uma vitória nas últimas seis rodadas. O sinal amarelo já está (ou deveria estar) ligado na Cidade do Galo. O time não funciona como antes. Jô, em má fase, não convence. André, agora no Santos, voltou a marcar seus gols. Já são cinco, em sete partidas. Cuca aposta em Leonardo. Vai dar samba?

De novo... longe!

Filme repetido: Cruzeiro derrotado em casa. Decepcionou o torcedor pela quarta vez na Arena Independência. Dona da 5ª melhor campanha como visitante, a equipe azul ocupa a modesta 12ª posição quando mandante. Distante do G4 e, novamente, dos fãs de Beagá. O mau comportamento nas arquibancadas diante do Atlético, significou multa de R$ 64 mil e seis jogos de suspensão.

Raposa no topo

O cartão amarelo aplicado a Éverton diante do Botafogo/RJ, na última 4ª, rendeu aos celestes a liderança neste quesito no Brasileirão. Foi o 71º da Raposa. Grêmio, que tem 70, e Atlético/MG, 69, estão logo na sequência. No individual, Kléber, do Tricolor, mantém a dianteira. Soma dez amarelos nas 16 partidas que disputou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário