09/01/2013


Mesmo sem o argentino Montillo, negociado, Marcelo Oliveira
inicia o ano esperançoso e satisfeito com os 12 novos reforços

Vinícius Dias

Sem Montillo, vendido ao Santos, mas com doze novidades aprovadas (ou indicadas) por Marcelo Oliveira. É assim que o Cruzeiro iniciou a sua pré-temporada na Toca da Raposa II. E, na primeira entrevista coletiva, o treinador, que viu o elenco bastante motivado, projetou a receita para o sucesso em 2013: se esquecer do craque argentino e focar a atenção no jogo coletivo.

"O Montillo já faz parte do passado. E temos ótimos jogadores para esta temporada", falou Marcelo. Questionado sobre qual dos atletas ocupará o posto de referência da equipe, o comandante se esquivou. "Um ou outro vai se destacar. O Diego Souza, o Éverton (Ribeiro), o (Ricardo) Goulart, ou o Fábio, que já ocupa esse papel", salientou.

Técnico comemora opções no elenco
(Créditos: Washington Alves/Vipcomm)

Satisfeito com o elenco que terá à disposição, o treinador espera que o Cruzeiro faça uma temporada diferente das duas últimas. "Vi um grupo animado, é natural que tenhamos caras novas. Agora, não só modificar caras, mas também o desempenho. É a partir do trabalho que vamos fazer um time forte e competitivo", analisou.

Estreia ante rival

A estreia oficial na temporada está definida para o dia de 3 de fevereiro. Ate lá, serão mais de três semanas de trabalho. Tempo, maior que o dos rivais dos outros estados, que Marcelo comemora. "Temos o privilégio de ter um tempo maior de pré-temporada, e vários jogadores em condições técnicas semelhantes. É bom para o treinador, porque dá um leque de opções", concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário