02/02/2013

Tardelli: a 'cereja' do bolo

Vinícius Dias

Enfim chegou a 'cereja' do bolo atleticano. Aos 27 anos, Diego Tardelli retorna ao Atlético após duas temporadas. Visando à Copa do Mundo de 2014, o novo reforço alvinegro sonha em, definitivamente, marcar o seu nome na história do clube. Por gols (na primeira passagem, foram 70 em 109 jogos) e as sonhadas conquistas. E Cuca não deverá ter problemas para encaixá-lo no bolo. 

No 4-2-3-1 habitual do Galo, testado e aprovado em 2012, Diego Tardelli pode fazer a função de ponta - antes exercida por Danilinho. Ronaldinho Gaúcho, ao centro, na companhia de Bernard, pela esquerda, e Tardelli, pela direita, municiam o centroavante: possivelmente, Jô ou Alecsandro. Time próximo do ideal. Somente uma mudança, e um Atlético ainda mais forte que em 2012. 

Ronaldinho, centralizado, dita o ritmo
(Arte: Douglas Vogel Zimmer/Toque Di Letra)

Mas, sem o constante apoio do lateral-direito Marcos Rocha, melhor da posição na temporada passada, que atuaria de uma forma mais contida, avançando pouco - postura diferente da que o levou à seleção -, dando liberdade a Diego. O atacante, com menor poder de recomposição, não teria papel na marcação. Contudo, ficaria distante da grande área, onde viveu seus melhores dias
  
Motivos de sobra para Cuca pensar em um 3-6-1 (embora muito similar ao 4-2-3-1), com Tardelli no comando de ataque. Neste esquema, Jô e Alecsandro ficariam como opções para a reserva. Rosinei, contratado a pedido do técnico, pode ser utilizado na função de titular. Este, sim, de características semelhantes às de Danilinho. E mais eficiente que Tardelli no auxílio ao setor defensivo.

Diego Tardelli, na área, como em 2009
(Arte: Douglas Vogel Zimmer/Toque Di Letra)

Municiado com passes precisos da dupla Ronaldinho Gaúcho e Bernard, e contando com a movimentação de Rosinei e Marcos Rocha - protegido por Pierre, na cobertura do corredor direito -, Diego pode voltar a ser o grande artilheiro pelo qual a massa alvinegra tanto espera. A cereja foi entregue por Alexandre Kalil. Agora, o problema (de fácil solução) cabe a Cuca.

2 comentários:

  1. Agora é só esperar o Dom Diego fazer sua mágica!

    ResponderExcluir
  2. Tríplice Coroa para o galo em 2013!

    ResponderExcluir