02/02/2013


Com grupo reformulado, América estreia neste sábado, diante
do Araxá, sonhando com o título Mineiro e o retorno à Série A

Vinícius Dias

Ano novo, vida nova... E ainda no ritmo do artilheiro Fábio Júnior, de 35 anos, há três no clube, o América traça metas para 2013, e aposta na 'mescla' entre experiência e juventude. Comandado por Vinícius Eutrópio, que desenha o time no 4-4-2, o Coelho estreia neste sábado, em Araxá, diante do Araxá Esporte Clube. Um novo time, em busca dos caminhos bastante conhecidos: o título estadual e, em especial, a volta à elite do Campeonato Brasileiro. Objetivos revelados no afinado discurso do grupo verde.

Metas que China, apontado como joia do elenco americano, ao lado de Bryan, recém-negociado com o Benfica, de Portugal, conhece bem. "Uma expectativa boa, como foi no ano passado. A gente pode chegar até a final do Mineiro. E temos que ir passo a passo, pois o campeonato tem diversas equipes que vão brigar para chegar. Então, a expectativa do América é a melhor. Mas respeitando cada um dos adversários", conta o meio-campista.

Fábio Júnior treina ao lado de Felipe
(Créditos: América-MG/Divulgação)

Nos últimos dois meses, 14 atletas deixaram o elenco americano, oitavo colocado no Brasileiro da Série B em 2012. Outros 12 foram anunciados. Vinícius Eutrópio, novo comandante, veio do Duque de Caxias. Entre as saídas, destaque para o zagueiro e capitão, Gabriel Santos, que acertou com o Sport Recife. Das caras "novas", a mais conhecida é a de Felipe. Aos 34 anos, o atacante chegou com status de titular, após defender o Atlético/GO na Série A.

E já recebe os elogios do provável parceiro, Fábio Júnior. "Um jogador de qualidade indiscutível. Por onde passou, sempre fez gols, sempre foi bem. Ainda é o início do trabalho, mas, ele já demonstrou, nos treinamentos e jogos que vai nos ajudar bastante. Isso que a gente espera. Que possa desempenhar um bom trabalho e nos ajudar a conquistar estes torneios", destaca o avante

Geovanni: meia é aposta para 2013
(Créditos: América-MG/Divulgação)

Confiante na união entre juventude e experiência no time, e disposto a apoiar os mais jovens, Fábio cultiva dois objetivos para 2013. A quarta conquista estadual e, pela segunda vez, a artilharia. "No ano passado, batemos na trave. E não conseguimos o título. Nesse ano, nós vamos entrar com o pensamento de dar nosso melhor, chegar à final e, dessa vez, conquistar o título", diz. "Vou tentar fazer o maior número de gols possível", completa.

De volta a Minas...

Seis anos depois de disputar seu último Mineiro, o meia Geovanni, de 33 anos, é um dos principais nomes do América. Contratado pela equipe em agosto último, o ex-cruzeirense faz questão de elogiar o trabalho que foi realizado durante a pré-temporada. "Fico muito feliz por fazer essa pré-temporada. No ano passado, eu cheguei praticamente na reta final, sem conhecer os companheiros", destaca.

Ambientando ao clube e satisfeito com os reforços, o armador ressalta o otimismo para esta temporada. "Muito boa essa mescla. Nós, que somos mais experientes, podemos ajudar aos jovens no posicionamento. E eles nos ajudam, também... É um aprendendo com o outro. É um elenco de grande qualidade, e tem tudo para conseguir seus objetivos nesse ano", acrescenta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário