13/02/2013

Eu quero vencer!

Gaaalooo! Saudações, massa!

Aos que ainda duvidam da força do Atlético Mineiro, um recado: vocês terão mais uma prova de que atrás das montanhas há uma potência do futebol brasileiro. E os gritos da torcida, que ecoarão, surpreenderão ao adversário. O time, em campo, se entregará por inteiro... Nós temos um objetivo: de derrubar, acabar com toda e qualquer desconfiança sobre o nosso potencial. Nós vamos em busca dessa taça. É, São Paulo. Seja "bem-vindo" ao Inferno Alvinegro!

É este o sentimento que segue por mim, e espero que em todos vocês, atleticanos. Agora, é a nossa hora!! E vamos começar com o pé direito. Vamos com tudo, pra cima deles. Com Diego Tardelli de volta, o sangue alvinegro estará em campo. Mais vivo do que nunca. Com raça, garra e paixão. Com o hino abençoando e arrepiando cada pessoa que sabe o que é viver o Atlético.

Hoje, não é dia de celebrar... Nem de pular carnaval. É o dia de encarar frente a frente quem ficou por cima durante vários anos. A quem vimos gabar vitórias. A equipe de Rogério Ceni e Luís Fabiano. É hora de ir pra cima deles. Temos os nossos craques, agora. E temos um esquadrão que vai da defesa ao ataque. Temos um "coliseu", o Independência, do qual nunca saímos derrotados. Em 2012, foram 23 batalhas. 16 vitórias. Sete empates.

Por toda a trajetória que passamos no ano passado, hoje é um dia para mostrarmos porque estamos aqui. Confio na minha equipe. E confio nos jogadores. Não me importa se é a Libertadores ou, ao menos, se é uma competição da qual não participamos há 13 anos, blá, blá, blá. Eu quero passar por cima. Eu quero a taça. Eu quero o topo. Eu quero vencer! Eu quero vingança!

Vamos, Gaaaaaaalooooooo!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário