30/05/2013

Massa, bota a máscara!

Gaaalooo! Saudações, massa!

Mais um ingrediente na "receita" Horto. A torcida do Atlético vai para o jogo com máscaras do "Pânico" - sucesso de bilheteria, nos anos 1990. E pretende, novamente, surpreender. Com o arrepiante "Inferno Alvinegro" antes do duelo, a vibração do torcedor o jogo inteiro, o rolo compressor em campo, quem aguenta a pressão? Agora, o bordão "caiu no Horto, tá morto" tem um símbolo: pânico!

Abre alas para o rolo compressor. É assim que o Galo joga no Indepa. E terá que jogar assim mais uma vez para passar ante o Tijuana. Que, ao que parece, já se prepara para a eliminação. O técnico, Mohamed, deve voltar para Argentina nesta sexta, para definir o futuro. Seria o adeus à Copa Libertadores para os "xolos"? Cabe ao Atlético ir lá, fechar mais um caixão.

E é claro, se o alvinegro se concentrar no extra-campo, terá problemas. Para isso, basta jogar. A atmosfera mais uma vez conspira (e muito) a favor. Tudo para o time ir ao ataque, marcar os gols com naturalidade. Espera-se um adversário "fechado" na defesa, impondo dificuldade nos primeiros instantes. Porém, assim que o gol sair, os festejos atleticanos ecoarão pelo Horto. 

Mais um teste para o Galo, que caso se classificar, volta à Libertadores depois da Copa das Confederações. E ao retornar, o rolo compressor, o pânico dos rivais tem que dar as caras. Belo Horizonte, Minas Gerais e todos os atleticanos espalhados pelo mundo estão à espera do grito de campeão. Enquanto isso, hoje é noite de Pânico para os "xolos". Massa, bota a máscara! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário