31/07/2013

Caiu no Horto... tá morto!

Alexandre Oliveira

Nem o mais otimista dos americanos arriscaria um marcador tão elástico contra o Sport na noite desta terça: 5 a 0. Aliás, antes de ser morto, o Leão foi caçado, cercado e abatido. Poderia até dizer que o caçador tem nome: Rodriguinho. Mas ele não conseguiria derrotar o Leão sem a ajuda dos seus companheiros.

Um show de bola do time americano. Com total convicção, diria que foi a melhor exibição do Coelho nesse Campeonato Brasileiro da Série B. E não poderia vir em melhor hora. O América não vencia no Independência havia quatro meses.

Time de Paulo Comelli bateu o Sport
(Créditos: América-MG/Divulgação)

Logo no primeiro gol do América, percebeu-se uma troca de função dos laterais da equipe. O canhoto Danilo apareceu na direita, e cruzou para Rodriguinho abrir a contagem. A seguir, o Coelho teve boas chances de ampliar, com Nikão e Willians, servidos pelo dez Rodriguinho e pelo meia Kleber, que fez boa partida. O camisa 11 recompôs o meio de campo do time e, junto com os volantes Claudinei e Andrei Girotto, não deixou os atacantes do adversário, Felipe Azevedo e Marcos Aurélio, ameaçarem o goleiro Matheus

Bem atrás... melhor na frente!

O América começou o segundo tempo de maneira avassaladora. Com um minuto e meio de jogo, Rodriguinho acertou belo chute do meio da rua, e ampliou o placar para a equipe da casa. Já aos 29 minutos, Danilo, agora aparecendo pelo lado de origem, fez bom cruzamento rasteiro na área, e Willians completou para o gol.

O resultado estava excelente para o América e, com isso, Paulo Comelli mexeu no time, colocando o central Doriva no lugar de Willians. A mexida chamou o Sport para o ataque. E Roger, que entrou na etapa final, deu trabalho para o arqueiro Matheus. Mas, o camisa 1 foi bem debaixo das traves, e aos 40 minutos, depois de ótima jogada de Marcos Aurélio, fez grande intervenção.

Meia Rodriguinho marcou três vezes
(Créditos: América-MG/Divulgação)

A defesa parece ter motivado o time do América para os minutos finais. Aos 42', Rodriguinho recebeu cruzamento de Doriva, dentro da área, se livrou de Anderson Pedra, e estufou as redes, marcando seu terceiro gol na partida. Dois minutos depois, Leandro Ferreira, que havia acabado de entrar no lugar de Kleber, terminou de matar o Leão.

Quebra de tabus...

A vitória do América quebrou algumas sequências na noite de terça-feira. Além do fim do jejum de quatro meses sem vitórias no Horto, o América ainda não havia vencido após a pausa para a Copa das Confederações. Outra sequência interrompida foi a de vitórias do Sport. Depois da pausa para a Copa, o Leão da Ilha do Retiro havia triunfado em todos os jogos desta Série B.

A grande esperança...

Se grandes times do futebol do país já estavam interessados no camisa 10 do Coelho, agora, devem buscar, de fato, a contratação do meia do América. Inter, Grêmio e Santos parecem dispostos a tirar o atleta dos planos do técnico Paulo Comelli. A diretoria nega que Rodriguinho esteja disponível para negociações. O armador é peça fundamental do elenco, e tem se mostrado a grande esperança do torcedor, para voltar à elite do futebol brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário