24/07/2013

Uma vez... até morrer!

Gaaalooo! Saudações, massa!

"É hoje!". Depois de tantos anos lutando, estamos frente a frente com a vitória. Para o Galo, conquistar uma taça nunca representou tanto como desta vez. A luta pela Libertadores é mais do que a luta por um título. O grito, que está guardado na garganta há anos, pode se libertar hoje... É cara, hoje. O pote de ouro, tão esperado, está ali e, se a noite perfeita acontecer outra vez, ele veste alvinegro.

Será festa, será loucura, será imenso e será Galo. Mas enquanto não é, devemos lutar até o fim. Dar este apoio que já comove toda a comissão técnica e jogadores. Pressionar o adversário, para que sinta-se pequeno perto do nosso Galo. Torcer como nunca. Assistir, das duas formas, esta paixão! A massa merece o presente.

Massa que sempre esteve do lado do Atlético Mineiro, do Galo doido. Em qualquer hipótese. Em duelos bons, em duelos ruins e, com certeza, nos grandes caldeirões que 'sacudiram' a Libertadores. Fica o agradecimento gigante à torcida. Que fez de tudo: explodiu, vibrou, fez o chão tremer! Nos fez dar graças a Deus, pelo fato de sermos atleticanos. Deu orgulho vestir esse manto.

O gigante acordou...

Dará ainda mais se o título vier. Não para ficar esbanjando história. Mas para se libertar... Para quebrar os 'tabus' do Galo, do Kalil, do Cuca, do Ronaldinho, do Tardelli, de todo o mundo. Hoje, temos o melhor time do Brasil. Amanhã podemos ter o melhor da América. E o que fica de lição é que o Atlético é grande, independente de disputar ou não. Este time de jogadores acordou um gigante. O time e torcida são de arrepiar qualquer apaixonado.

Logo, reverter um 'placar difícil' se tornou pequeno, perto de tudo o que podemos conquistar. Será, sim, difícil. Muito. Precisaremos dos 60 mil em cima o tempo inteiro. Queremos ver um time com raça, como vai ser, em toda a partida. E, se Deus quiser, que os nossos heróis sejam nomeados nesta quarta-feira.

Ao final, serão mais gritos de 'Atlético, gostamos muito de você'. Pois, o 'Galo é amor, não é simpatia'. E 'quem ficar parado', não é Galo. Quem é Galo, sabe que aqui é com 'raça e orgulho para vencer'. E para 'honrar o nome de Minas' é Clube Atlético Mineiro!

Uma vez... até morrer!

Nenhum comentário:

Postar um comentário