03/08/2013

Acertando os detalhes

Salve, China Azul!

Ontem saiu a noticia de que Marcelo Oliveira está em processo final de análise do material humano que tem em mãos e, dessa forma, alguns jogadores poderiam ser negociados muito em breve.  Contando com quase quarenta peças no plantel principal, é chegada a hora de dar uma enxugada na situação para que o menor número possível delas fique parada.

Segundo o noticiado, Oliveira estaria disposto a abrir mão dos zagueiros Thiago Carvalho e Nirley, além do lateral-direito Leandrinho e do volante Uelliton. Além deles, Anselmo Ramon, que não vive uma fase nada boa com a bola e com os torcedores, também pode ser negociado e ir parar no Atlético Paranaense. A meu ver, escolhas acertadas. Esses jogadores, apesar de terem atuado pouco na temporada, destoam bastante da média técnica do restante do elenco. Confesso que eu teria dificuldades em incluir, por exemplo, só mais um jogador nessa barca.

Como o Cruzeiro contratou em quantidade e qualidade, essa situação é um processo natural e indispensável. Faz-se mais do que necessária uma realocação daqueles que provavelmente terão pouca ou nenhuma chance. Além do mais, mesmo que por alguma hipotética tragédia do destino cinco dos seis zagueiros que permanecem no grupo fiquem sem condição de jogo ao mesmo tempo, é válido e tranquilo recorrer à base. Além de formar jogadores, ela está ali pra isso.

Opções suficientes...

Agora, convenhamos, que isso dificilmente irá acontecer, mesmo que os jogadores especulados realmente saiam. Quanto ao ataque, a saída de Anselmo Ramon não deverá implicar em problemas para o treinador, uma vez que ele ainda contará com Borges, Dagoberto, Vinícius Araújo, Willian, Luan e Léo Bonatini, que deve ser reintegrado à base. Eles podem muito bem fazer a função de área. Isso sem contar com outros jogadores que podem, tranquilamente, fazer as vezes do nosso camisa 9. As opções são vastas.

Se as saídas se confirmarem, continuaremos com 28 jogadores só de linha, além dos três goleiros. É gente mais do que suficiente e de qualidade média mais do que satisfatória para a sequência da temporada. Com o DM vazio, teremos pelo menos dois times em condições de entrar e buscar a vitória contra qualquer equipe do país. As arestas estão sendo aparadas e Marcelo Oliveira vem mostrando cada vez mais que tem controle sobre o grupo que pastoreia.

Força, Cruzeiro!

Um comentário: