22/08/2013

Pra cima deles, Galo!

Gilvan Meireles

Se priorizar a Copa do Brasil parecia fácil, o Atlético terá que redobrar a atenção logo na primeira partida. Diante do Botafogo, no Rio, às 22h, o alvinegro precisa garantir um bom resultado para a partida de volta. Pelo retrospecto recente em confrontos com o Botafogo dá para se animar. Três vitórias (duas em casa e uma fora), e ainda um empate no Horto. O fato é que a equipe do Galo, comandada por Cuca nunca perdeu para o Botafogo.

Mas não é tão simples. O retrospecto é bom, mostra que o time é capaz de vencer mais uma vez. No entanto, ele não pode, nem deve entrar em campo. O time sabe que o desafio de encarar o bom Botafogo é grande. Eles melhoraram o repertório no ataque, com a velocidade de Vitinho, as jogadas dos meias Lodeiro e Seedorf e, claro, os gols do camisa 20 Rafael Marques.

Atlético, de R10, encara o Botafogo
(Créditos: Bruno Cantini/Atlético-MG)

No Galo, o repertório ofensivo terá desfalque. O belo quarteto de ataque, que já deixa saudades, agora se exibe em uma linha de menos técnica. Bernard, tipo raro de jogador, e Tardelli davam agilidade, drible, passes e gols para o time. Hoje o que se vê é muita vontade, sem entrosamento. Ainda não está definida a titularidade. Ora Luan, outrora Fernandinho ou Dátolo ocupam os lados do campo.

De novo, eu acredito!

Boa notícia é a volta de Guilherme, que deve dar mais opção no meio e à frente. Sobretudo, o time precisa de gols para fazer um bom resultado. O Botafogo ainda não foi derrotado em casa no Brasileiro, mas vem de dois empates na competição. Um empate, pela Copa do Brasil, pode ser muito bom. Mas, por que não pensar que podemos derrotá-los lá? Só teremos a vitória, se acreditarmos.

Boa sorte, Galo!
Vai pra cima deles!

Nenhum comentário:

Postar um comentário