04/09/2013

Encontro de campeões

Ricardo Diniz

Nesta quarta-feira, dia 4, os atuais campeões da Copa Libertadores e do Brasileiro se enfrentam mais uma vez, na Arena Independência. Mas, em situações bastante diferentes das que vivenciaram no decorrer da última temporada.

Em 2012, o tricolor e o alvinegro disputavam a liderança, ponto a ponto. Assim os confrontos entre os dois times foram emocionantes do início ao fim. E com direito um a duelo particular dos craques Ronaldinho e Deco, arbitragem polêmica, tanto no Rio como em Minas - quando inclusive os atleticanos protestaram contra a má arbitragem do torneio -, e todos os ingredientes de uma "final".

Em má fase, o Flu tenta fugir do Z4
(Créditos: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

Mas neste ano é diferente. O Fluminense perdeu jogadores importantes, como Wellington Nem e Thiago Neves. Destaques de 2012, Fred e Diego Cavalieri não reeditam a excelente fase da última temporada. O Galo vê sua principal estrela, Ronaldinho, oscilar bons e maus jogos, e não conta mais com Bernard. Jô? Não marca um gol desde a histórica final da Copa Libertadores.

Emoção... e polêmica!

Aliás, no ano passado, Jô também vivia "seca" de gols, mas desencantou logo contra o próximo adversário - fez dois gols diante do Fluminense no returno. Hoje, o atleticano deposita suas esperanças em Diego Tardelli e Fernandinho, que vem substituindo bem o "Bambino de Ouro", vendido ao Shakhtar Donetsk.

Tanto no Rio de Janeiro quanto em Belo Horizonte, Atlético e Fluminense testaram os corações de seus torcedores, ganhando bons motivos para reclamar do árbitro. No primeiro turno, o placar ficou 'em branco' graças aos goleiros Diego Cavalieri e Victor, como também por conta de um gol mal anulado. O camisa 9 Fred balançou as redes, e o auxiliar marcou impedimento.

Em 2012, Galo bateu tricolor em BH
(Créditos: Bruno Cantini/Atlético-MG)

No jogo da volta, o Galo venceu por 3 a 2, com gol de Leonardo Silva no último lance do jogo. Mas também teve motivos para reclamar. Na etapa inicial, o craque Ronaldinho cobrou falta com categoria, marcando o que seria o primeiro gol do jogo. O árbitro viu falta de Leonardo Silva e optou por anular. Antes, diante do Vasco, o tricolor havia tido um gol validado em lance semelhante.

É esperar para ver como Atlético e Fluminense vão se apresentar... Se o tricolor tenta se afastar da zona de rebaixamento, o Galo, depois de ter conquistado a Libertadores, vê o Campeonato Brasileiro como preparação para o Mundial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário