26/10/2013

A 'bancada da bola'

Vinícius Dias

A ótima fase dos clubes da capital em 2013 trouxe consigo o desejo dos partidos políticos por nomes de apelo junto ao eleitorado para as eleições do próximo ano. Depois de os mandatários de Atlético, Alexandre Kalil, e Cruzeiro, Gilvan de Pinho, se filiarem ao PSB e PV, respectivamente, foi a vez de o goleiro e capitão da Raposa, Fábio, recusar um convite para se filiar ao PC do B.

A proposta do partido era de que o craque azul disputasse uma vaga de deputado estadual. Ao Blog Toque Di Letra, o empresário do camisa 1, João Sérgio, confirmou o convite e destacou os motivos da recusa. "Ele ficou muito feliz pela lembrança, mas ainda é muito cedo", observou. "Ele está focado na carreira, e isso é uma coisa para a gente pensar quando ele parar", disse.

'Muito feliz' no clube

No Cruzeiro desde 2005, Fábio já realizou 528 partidas com a camisa do clube. A intenção, segundo João Sérgio, é dar continuidade à história. "Ele adora a instituição e está muito feliz aqui em todos os aspectos", disse. Depois da renovação em 2011, Fábio tem contrato com o time celeste até maio de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário