09/11/2013

No ritmo do Mundial

André Castro

Dois times com objetivos diferentes. Neste sábado, às 19h30, na Arena Fonte Nova, o Atlético encara o desesperado Bahia, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe comandada pelo técnico Cuca entra em campo visando dar continuidade à preparação para o torneio Mundial de Clubes, no Marrocos.

Já a equipe baiana sonha encerrar o jejum de vitórias, que já dura cinco jogos. O Bahia é o 15º colocado, e está a apenas dois pontos do Vasco, primeiro time da zona de rebaixamento. Mas, engana-se quem crê que o jogo será fácil. A expectativa é de casa cheia. A promoção nos bilhetes e o vídeo dos jogadores convocando a torcida deram certo. Mais de 30 mil ingressos já foram vendidos.

Lucas Cândido segue como titular
(Créditos: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Para o jogo deste sábado, Cuca não faz mistério e vai repetir o time que derrotou o Náutico, por 5 a 0, no ultimo final de semana. Lucas Cândido segue na lateral-esquerda, e Guilherme ocupa a posição no meio-campo. Embora recuperado de lesão na panturrilha, o argentino Dátolo não está entre os relacionados.

Mistério à baiana

Do outro lado, Cristovão Borges faz mistério quanto ao time que vai atuar frente ao Atlético. De certo é que Demerson deve seguir na zaga, na vaga de Titi, barrado.

No 1º turno, Galo venceu o Bahia
(Créditos: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Mesmo atuando sem pressão, o Atlético busca a vitória para melhorar o retrospecto jogando fora de casa. Dono do quarto pior rendimento como visitante neste Brasileiro, o Galo conquistou 11 pontos de 48 disputados. Foram somente duas vitórias longe do Independência. Uma delas, no primeiro turno, diante do Corinthians, e a outra já no returno, no confronto contra o Grêmio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário