13/12/2013

Guia da Libertadores/2014

Tiago de Melo

A Libertadores é, provavelmente, o único torneio do planeta cujo sorteio de grupos ocorre antes de todos os participantes serem definidos, o que atrapalha qualquer análise. Mas, com os clubes que já estão definidos, é possível esboçar uma primeira tentativa de projetar os cenários possíveis.

Grupo 1: Vélez Sarsfield/ARG, Bolívia 2 (Bolívar ou The Strongest), Peru 1 (Real Garcilaso ou Universitário) e G1 (Atlético-PR ou Sporting Cristal/PER)

É um dos grupos mais fracos do torneio. O Vélez é franco favorito. Caso passe pela chamada 'Pré-Libertadores', o Furacão deverá seguir junto com o Fortín.
____________________________________________________________

Grupo 2: Unión Española/CHI, Argentina 2, Independiente José Terán/EQU e G2 (Botafogo ou Deportivo Quito/EQU)

Caso consiga passar pela 'Pré-Libertadores', o Botafogo tem boa chance de se classificar ao lado do representante da Argentina. Mas, atenção, a Unión Española é bem organizada e dará trabalho.
____________________________________________________________

Grupo 3: Cerro Porteño/PAR, O'Higgins F.C/CHI, Deportivo Cali/COL e G4 (Argentina 5 ou Caracas/VEN)

Grupo muito equilibrado. Cerro Porteño e O'Higgins acabaram de se sagrar campeões no Paraguai e no Chile, respectivamente. Já as outras equipes também podem aspirar por uma vaga nos mata-matas. Chave imprevisível.
____________________________________________________________

Grupo 4: Atlético-MG, Nacional/PAR, Zamora/VEN e G5 (Morelia/MEX ou Independiente Santa Fé/COL)

O atual campeão teve sorte. É francamente favorito em uma chave sem adversários fortes.
____________________________________________________________

Grupo 5: Cruzeiro, Defensor/URU, Peru 2 (Real Garcilaso ou Universitário) e G3 (Chile 3 ou Guarani/PAR)

O sorteio, de fato, beneficiou os mineiros. Assim como seu maior rival, o Cruzeiro entra como candidatíssimo a ser o líder de um grupo fraco.
____________________________________________________________

Grupo 6: Newell's/ARG, Grêmio, Atlético Nacional/COL e G6 (Nacional/URU ou Oriente Petrolero/BOL)

Grupo mais duro e equilibrado do torneio. Se o Nacional uruguaio avançar para a fase de grupos teremos uma chave em que todos são candidatos a uma vaga nos mata-matas.
____________________________________________________________

Grupo 7: Bolívar/BOL, Flamengo, Emelec/EQU e León/MEX

O grupo também é equilibrado, ainda que em um nível inferior ao grupo 6. Se conseguir ter um bom desempenho, o Flamengo tem boas chances de se classificar. 
____________________________________________________________

Grupo 8: Peñarol/URU, Arsenal/ARG, Deportivo Anzoátegui/VEN e Santos Laguna/MEX

É a chave mais fraca do torneio, sem nenhuma equipe que esteja em um bom momento. Pela camisa o Peñarol pode avançar, mas é o Arsenal quem vive a melhor fase.

Nenhum comentário:

Postar um comentário