20/01/2014


Contratação mais cara da história do Atlético, jogador inicia
a temporada sem lesões e satisfeito por reencontrar Autuori

Vinícius Dias

De volta à Cidade do Galo após o período de férias, o atacante Guilherme carrega o sentimento de ano novo, vida nova para cumprir os últimos 15 meses do contrato com o Atlético. Segundo reforço mais caro da história alvinegra, o jogador custou US$ 8,5 milhões e tem convivido com lesões. Longe de ser unanimidade, Guilherme fez, até o momento, 16 gols pelo Galo em 82 partidas.

Segundo o empresário do jogador, a expectativa é de reencontrar Paulo Autuori, que o comandou no Cruzeiro. "Ele estava com muita vontade de retornar, cumprir o contrato. O Autuori foi o técnico que o lançou, gosta dele e, por isso, está bem motivado para continuar no Atlético", disse, ao Blog Toque Di Letra, Sérgio Suárez.

Guilherme: herói na Libertadores
(Créditos: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Até aqui, sua melhor fase no clube, inesquecível também para o torcedor atleticano, foi na reta final da Libertadores. Na semifinal, um gol já nos minutos finais levou o confronto com o Newell's para os pênaltis. Com a vitória por 3 a 2, o Atlético avançou à decisão frente ao Olimpia, rumo ao inédito título sul-americano.

Foco no Atlético...

Suárez destacou que, para voltar a trabalhar com Autuori, o atacante, de 25 anos, rejeitou o interesse de outras equipes, inclusive do exterior. "A chegada do Paulo Autuori trouxe motivação para ele. Ele está com muita vontade de ter um ano diferente dos outros", argumentou o empresário. "Vários clubes sondaram. Daqui, de fora, mas o Guilherme vai cumprir o contrato", acrescentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário