26/01/2014

Enfim, a hora da estreia

Douglas Zimmer

Dá-lhe, China Azul!

Para os que gostam de futebol, finalmente está começando, de fato, o ano de 2014. Falo isso tendo em vista principalmente os torcedores, já que do outro lado do jogo, os jogadores já estão envolvidos na nova temporada há mais tempo. Mesmo que, como não tenhamos visto muitos resultados práticos, possamos achar que o ambiente está parado.

LEIA MAIS: Treinador projeta estreia

O Cruzeiro, especialmente no que diz respeito a contratações e vendas, viveu um final de 2013 e um começo de 2014 pouco badalado, pouco estampado em sites e jornais, mas de muito trabalho. Se, por um lado, não foram executadas muitas contratações, por outro, a base do time campeão nacional no ano passado foi mantida. Além disso, vários jogadores tidos como reservas - sem querer questionar o desempenho enquanto vestiram nossa camisa - foram negociados, dispensados ou emprestados, o que alivia bastante a folha salarial. 

Time celeste estreia neste domingo
(Créditos: Washington Alves/Textual)

Com o trabalho com bola, tivemos três semanas muito intensas para os jogadores e comissão técnica, que viveram um verdadeiro confinamento na concentração da Toca II. Tudo para que aquele entrosamento que saltava aos olhos esteja em dia já no começo do Campeonato Mineiro, a primeira competição que vamos disputar no semestre. Daqui a pouco já estaremos com os pés na Libertadores, e aí não haverá mais tempo para testes e ensaios. 

Titulares mantidos

Durante o período de pré-temporada, Marcelo Oliveira deu indícios de que vai manter a espinha dorsal do time que terminou o ano passado jogando, realizando alterações pontuais, conforme a necessidade e o desempenho técnico de seus comandados. Nada mais natural, já que o elenco é muito bom e tem peças ótimas para que o treinador possa promover variações táticas e filosóficas durante uma competição e até mesmo no decorrer de um jogo.

Júlio Baptista: um reserva de 'luxo'
(Créditos: Washington Alves/Textual)

E o primeiro desafio oficial do Cruzeiro 'versão 2014' será a URT, recém-promovida à elite mineira, neste domingo, no Mineirão. A tendência é que o Cruzeiro vença e demonstre sinais de que, aos poucos, vai retomar aquele futebol vistoso de onde parou, ao conquistar o tri nacional. É somente o primeiro de muitos jogos que iremos acompanhar, neste que promete ser um dos mais movimentados anos.

Força, Cruzeiro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário