07/02/2014


Zagueiro, titular da seleção argentina na Copa do Mundo de
2010, reforça setor considerado carente no elenco alvinegro

Vinícius Dias

Confirmado como quarto reforço atleticano para a temporada de 2014, o zagueiro argentino Nicolás Otamendi, de 25 anos, retorna ao futebol sul-americano depois de quatro temporadas no Porto, de Portugal. Titular da seleção argentina na Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, o atleta volta a disputar a Libertadores, e sonha em recuperar o prestígio com o técnico Alejandro Sabella.

A fim de traçar um perfil do novo 'xerife' do alvinegro, o Blog Toque Di Letra consultou quatro profissionais, que acompanharam a trajetória de Nicolás Otamendi, seja na seleção argentina, no Vélez Sarsfield, time que defendeu entre 2007 e 2010, ou no Porto, onde viveu sua melhor fase, ganhando destaque mundial.

Otamendi: novo reforço do Atlético
(Créditos: F.C. Porto/Divulgação)

Nos quatro discursos, destaque para a capacidade de posicionamento e para a bola aérea do argentino, que ainda pode atuar improvisado como lateral pela direita. Otamendi assina contrato com o Atlético até o fim da Copa Libertadores.

Confira as avaliações:

Prefere atuar do lado direito, marca bem e possui uma técnica decente. Como não é muito alto, tem certa dificuldade na bola aérea. Tendo em vista as características, por vezes é escalado na lateral-direita, mas não gosto dele na posição, acho lento, sem força ofensiva. Aliás, na Copa de 2010 ele atuou como lateral, e se 'queimou', mas agora está voltando à seleção argentina. A condição de zagueiro pela direita em uma linha de três é perfeita para ele.

Tiago de Melo
'La Pelota', no Blog Toque Di Letra
____________________________________________________________

Não o vejo com futebol para barrar a atual zaga titular do Galo. Acho o Otamendi fraco para botar a bola no chão e sair jogando. É melhor na antecipação, quando se coloca bem para cortar a bola que vem para o jogador que está de costas para o gol, mas é frágil no 1x1, no mano a mano. Tem como positivo o fato de ser bem aproveitado em lances de bola parada na área adversária ao se colocar bem para participar de tramas em dois lances. Otamendi é daqueles jogadores que podem protagonizar uma jogada fabulosa, 'de cinema', e, logo em seguida, cometer um erro bisonho, por perder a concentração em alguns momentos no transcorrer de alguns jogos.

Renato Zanata
Blog 'Futebol Argentino', no Globo.com
Coautor de 'América, Terreirão do Galo'
____________________________________________________________

É um zagueiro forte na antecipação, bom nos 'timings' e excelente nos desarmes. Apesar da idade, é bem experiente e maduro. Não é alto nem muito rápido, mas compensa bem na forma como lê o jogo. Gosta de comandar a zaga e dá tranquilidade a quem atua ao lado dele. Tem boa saída de bola, porém precisa estar bem mentalmente. O seu jogo vive muito da motivação e da concentração. Nesse ano não foi bem, porque não tinha a cabeça no Porto.

André Viana
Editor do diário 'O Jogo', de Portugal
____________________________________________________________

O Otamendi é um zagueiro de uma grande leitura de jogo e poder de antecipação. Muito forte nos lances um contra um. Um líder da defesa, assume o risco, muito rápido. Perdeu espaço no Porto após a derrota contra o Benfica. Por um erro normal, perdeu o lugar para o brasileiro Maicon (ex-Cruzeiro). E, com isso, o Porto perdeu a voz de comando da defesa.

David Fernandes
Setorista do Porto, no blog 'Fora de Jogo'

Nenhum comentário:

Postar um comentário