18/01/2015


Destaque na última edição da Libertadores, uruguaio chega
à Toca II com status de substituto do ídolo Ricardo Goulart

Vinícius Dias

Na mesma semana em que perdeu o meia-atacante Ricardo Goulart para o Guangzhou Evergrande, da China, por € 15 milhões, o Cruzeiro definiu a contratação do uruguaio Giorgian De Arrascaeta, de 20 anos. Tratado em seu país natal como parte do processo de renovação da 'Celeste Olímpica' rumo à Copa de 2018, o jogador foi um dos destaques da edição passada da Copa Libertadores. Camisa 10 do semifinalista Defensor, De Arrascaeta chegou a enfrentar o Cruzeiro por duas vezes.


Para entender como a promessa uruguaia, antes algoz, agora reforço da equipe estrelada, pode se encaixar no esquema comandado pelo técnico Marcelo Oliveira, o Blog Toque Di Letra contatou dois personagens que acompanharam a passagem do atleta pelo Defensor, desde a chegada ao time profissional, em 2012.

De Arrascaeta: aposta à moda uruguaia
(Créditos: Defensor Sporting/Divulgação)

Especialista em futebol sul-americano e redator do Doentes Por Futebol, Gustavo Ribeiro faz questão de destacar que, embora apresentado como substituto de Ricardo Goulart, Giorgian tem características diferentes das do ex-camisa 28. "Ao contrário de Ricardo Goulart, que se destaca pela força física, bom posicionamento e oportunismo, o De Arrascaeta é pura técnica", observa.

Vaga no 4-2-3-1 azul

Gustavo também projeta a presença do meia no esquema tático preferido do treinador celeste. "Com extenso repertório de dribles, o uruguaio pode jogar em qualquer um dos lados no trio de meias do 4-2-3-1 utilizado pela Raposa, mas tem como preferência atuar centralizado ou caindo mais pelo flanco esquerdo", pontua. Enquanto Goulart foi o vice-artilheiro celeste na temporada passada, com 20 gols em 50 jogos, De Arrascaeta se destaca pelas assistências.

Jovem foi à semifinal da Libertadores
(Créditos: Defensor Sporting/Divulgação)

Para o jornalista Tiago de Melo, colaborador do Blog e também do Futebol Portenho, a qualidade do meia-atacante não é novidade. "Ele foi revelado pelo Defensor, um dos clubes que melhor trabalha as divisões de base no continente, passou com destaque por todas as seleções de base do país", justifica. Apelidado de 'El Cocho', Giorgian foi vice-líder de assistências da Copa Libertadores de 2014, com quatro passes para gols e ainda marcou duas vezes no torneio.

'Aposta recomendada'

Ainda em agosto, Melo chegou a apontar De Arrascaeta como boa aposta para times brasileiros. "Não é um jogador pronto, e seria um investimento em longo prazo. O ideal seria um contrato longo e tempo para o atleta se desenvolver. Potencialmente, teria alto valor de revenda, por ser cotado para a seleção uruguaia", disse à época. Na atual temporada uruguaia, o jogador foi a campo 12 vezes, com seis gols.

Nenhum comentário:

Postar um comentário