20/03/2015

O jogo dos estereótipos...

Vinícius Dias

Aos 11 minutos, Marquinhos encontrou espaço entre as duas primeiras linhas do Mineros para acionar o artilheiro Leandro Damião - sete gols em 11 partidas com a camisa estrelada. Aos 37' da segunda etapa, papéis invertidos: pelo lado esquerdo do ataque, Damião tabelou com Mena, que serviu Marquinhos. Líder do grupo, a Raposa não convenceu, mas somou três pontos decisivos. E a vitória passou por mais uma boa atuação do camisa 30. Ainda que o torcedor resista em enxergar.


Com boa movimentação pela faixa direita do campo, o meia-atacante foi a válvula de escape em uma partida abaixo da crítica - e tem sido um dos destaques do Cruzeiro nesta temporada, com quatro assistências e três gols em nove duelos. De acordo com dados do Footstats, Marquinhos liderou as estatísticas de acertos em cruzamentos (quatro) e finalizações (três) do lado celeste e ainda registrou 26 passes certos (aproveitamento de 75%) diante do Mineros.

Marquinhos: destaque contra o Mineros
(Créditos: Carlos Eduardo Ramirez/Light Press)

Em seus piores momentos no jogo, a Raposa sofria com transição lenta entre a segunda e a terceira linhas do 4-2-3-1, facilitando a ação do clube da casa. Embora atrasada, a entrada de Charles foi a resposta certa de Marcelo Oliveira. É possível questionar a qualidade do jogador, o contexto da reintegração, mas não a atuação. O camisa 28 preencheu bem o lado esquerdo, deu mais segurança ao setor e permitiu que Mena avançasse, a exemplo do lance do segundo gol.

Marquinhos e Charles, ao contrário do time, convenceram.
Exceto a quem insiste em ver o estereótipo, e não o jogo.

2 comentários:

  1. Leitura superficial sobre os fatos. não da para analisar futebol somente pelo lado das estatísticas.
    O Charles se destacou mais por conta da mediocridade dos outros volantes. Henrique ta jogando muito mal, sem pegada. A função de segundo volante não lhe caiu bem, e a de primeiro já tem dono. Sem contar no Willian Farias, que talvez seja a pior contratação do time. Jogador bruto, sem qualidade no passe, visão de jogo limitada, e o que é pior, incompetente. Ele veio para ser primeiro volante, dar combate e roubar volas, mas ele não consegue ganhar nenhuma. Muito fraco, sou muito mais dar chances para jogadores como Eurico e Bruno Edgar.

    No caso do Marquinhos, acho um jogador útil. Até vem surpreendendo positivamente, mas o que irrita é a condição do Marcelo Oliveira tentar transforma-lo no substituto do Everton Ribeiro. O Marquinhos não a minima condição de ser. Não é por culpa dele que é muito voluntarioso, mas não tem técnica suficiente para ser a cabeça desse time. O home de confiança, da bola parada, etc. Erra muito, acerta pouco.
    Você pode dizer... Ele ta jogando bem, etc... Mas ele está jogando bem contra ninguem. Já ouvi muito esse papo com jogadores como Wellington Paulista, Leandor Guerreiro, etc. São esforçados, mas não fazem a diferença.
    Parabéns para o Marquinhos pela evolução, bom para o grupo, mas se quiser coisa maior, vai ter que procurar um jogador mais capacitado.

    No mais. Marcelo Oliveira pare de tentar ajudar substitutos e monte o time com as características dos jogadores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discordo veementemente Marquinhos é excepcional jogador, e sim podemos analisar um jogador pelos números, afinal no frigir dos ovos, não importa quantas firulas se faz e sim o resultado. Marquinhos joga cm a intensidade que um jogador moderno deve jogar, ele marca bem, recompõe com muita rapidez, faz bons cruzamentos, chega com força ao ataque, não é brilhante, mas arrascaeta mostrou algo brilhante? willian? Marquinhos se continuar jogando do jeito que esta, não sai nunca mais do time, seja lá quem chegar. torcida desdenha o cara, Arrascaeta não preencheu meio de campo, charles entrou e arrumou o meio, foi quando o cruzeiro voltou a jogar normal, ninguem fala isso, agora cornetar marquinhos, todo mundo sabe, melhor jogador do cruzeiro na atualidade, p mim inquestionável

      Excluir