04/04/2015


Após renovar com Guilherme e Dátolo, diretoria assegura que
ficará com Douglas; situação de Rafael Carioca é interrogação

Vinícius Dias

Daniel Nepomuceno tomou posse em dezembro último com interrogações sobre o futuro de quatro dos principais nomes do time campeão da Copa do Brasil. Passados quatro meses, a dupla Guilherme e Dátolo já teve os contratos renovados e a diretoria atleticana assegurou que vai exercer a prioridade de compra do lateral-esquerdo Douglas Santos. A única dúvida restante é referente à situação do volante Rafael Carioca, emprestado até julho pelo Spartak Moscou, da Rússia.


Nos bastidores, o caso de Guilherme era considerado o mais difícil. Depois de as negociações terem sido praticamente congeladas no final da gestão Kalil, o clube e o staff do jogador chegaram a um denominador comum no dia 23 de março, acertando um novo contrato até dezembro. O caso de Jesús Dátolo foi mais tranquilo. Apesar das diferenças iniciais, a extensão do vínculo foi selada com antecedência.

Dia do fico: Dátolo renovou em março
(Créditos: Jesús Dátolo/Instagram/Reprodução)

Quanto a Douglas Santos, conforme o Blog Toque Di Letra noticiou em janeiro, o Atlético trabalha para tê-lo em definitivo. Os direitos do lateral, que está emprestado ao clube até agosto pela Udinese, da Itália, estão avaliados em € 3 milhões. A situação do volante Rafael Carioca continua pendente. Diferentemente de Douglas, Rafael não teve os direitos fixados no empréstimo. Em 2008, o time europeu pagou € 8 milhões ao Grêmio para contratá-lo

'Manutenção é reforço', diz Daniel

A sequência de renovações corrobora a política de Daniel Nepomuceno. "A cultura do futebol nos força a pensar que para ter time forte o clube tem que contratar. Mas, na verdade, só fomos campeões quando mantivemos elenco. Vai chegar a hora em que será preciso trocar, mas agora, não. O grande reforço é a manutenção", afirmou o presidente atleticano ao Blog em janeiro último.

Nenhum comentário:

Postar um comentário