09/06/2015

Espanhóis monitoram Dedé

Vinícius Dias*

Mesmo lesionado, o zagueiro Dedé segue em alta no mercado. Segundo o Blog apurou, emissários ligados ao Valencia e ao Espanyol, da Espanha, mantiveram contatos com a Elenko Sports nos últimos dias. A empresa, que detém a maior parte dos direitos econômicos do defensor, analisa o interesse do futebol europeu como uma chance de reaver o investimento feito em abril de 2013. A cúpula celeste e o agente de Dedé, consultados pela reportagem, desconversaram.

Dedé: interesse do futebol espanhol
(Créditos: Washington Alves/Light Press)

"Só se alguém entrou em contato com o Cruzeiro. Mas com a gente, que representa o atleta, não", afirmou o empresário Giuliano Aranda, durante viagem ao exterior, frisando não estar na Europa. O supervisor de futebol celeste, Benecy Queiroz, adotou tom semelhante. "Eu desconheço. Dedé não nos pertence, ele pertence a um grupo de empresários. Se houver proposta, possivelmente virá a partir deles", detalhou.

Taxa de vitrine

Embora não tenha participação nos direitos econômicos, segundo o Blog apurou, o Cruzeiro tem direito a receber cerca de 20% do valor de uma eventual transferência do atleta, a título de vitrine. De acordo com o site especializado Transfermarkt, no momento, o zagueiro Dedé está avaliado em € 9 milhões.

*Atualizada às 15h40

Um comentário: