10/06/2015

O peso dos desfalques...

Vinícius Dias

Depois de 40 dias, o atleticano Guilherme voltou a campo no clássico do último sábado, na Arena Independência. Quando o alvinegro foi acionado por Levir, aos 16' da etapa final, o cruzeirense Alisson já havia deixado o gramado. Mais uma vez, lesionado.


O meia da Raposa fez sua estreia na temporada em março, vindo de uma contusão sofrida em outubro passado. Das 31 partidas disputados pelo Cruzeiro até o momento, Alisson participou de 14, em oito como titular. Atuou por 90 minutos apenas três vezes. A média é de 57 minutos em campo por partida.

Guilherme e Alisson: lesões e muito talento
(Créditos: Bruno Cantini/Atlético e Site/Cruzeiro)

No caso de Guilherme, o duelo de sábado foi o sétimo em 2015. O meia-atacante, que estreou em abril, disputou apenas sete das 30 partidas do Atlético na temporada. Fez três como titular, completou duas. Em média, fica em campo 50 minutos por jogo.

O peso dos desfalques é equivalente à qualidade da dupla.
Que, na teoria, joga muito. Porém, na prática, joga pouco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário