29/10/2015

Os números em jogo no Horto

Vinícius Dias

A cinco semanas do fim do Campeonato Brasileiro, Atlético e Corinthians fazem neste domingo, na Arena Independência, um dos confrontos mais aguardados da temporada. Matematicamente, o jogo não vai apontar um campeão - e o time paulista seguirá na liderança a despeito do resultado. Prova de que, na contramão do rótulo, um torneio em que as 38 rodadas valem os mesmos três pontos tem várias, e não uma final. Mas, de fato, muita coisa estará em jogo.


Melhor mandante (43 pontos em 48), melhor visitante (27 pontos), dono do melhor ataque (média de 1,8 gol/jogo) e da melhor defesa (vazada em apenas 16 de 32 jogos) da Série A, o Corinthians tem 70 pontos. Melhor desempenho em 32 rodadas no formato atual. Nessa toada, pode ser o campeão mais precoce, superar São Paulo (2007) e Cruzeiro (2013), que garantiram a taça na 34ª rodada. E pode bater o recorde de triunfos, que pertence ao Cruzeiro pelas 24 vitórias no último ano.

Horto terá duelo entre líder e vice-líder
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

Mas, do outro lado, encontrará um rival embalado pelo calor do Horto e disposto a ser bem mais do que um vice-campeão de peso. Se o torcedor repete o 'eu acredito', o confronto direto alimenta o sonho. E a tabela de classificação indica esperança: com 62 pontos a essa altura, o alvinegro mineiro é o segundo melhor vice-líder desde 2006 - o Atlético de Cuca, em 2012, somou 63 pontos em 32 rodadas. Marca que valeria a liderança nas edições de 2008, 2009, 2010 e 2011.

Esqueça o rótulo: o Horto não vai receber a final no domingo.
Mas, de fato, muita coisa estará em jogo no confronto direto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário