13/11/2015

André em alta no mercado

Vinícius Dias

De coadjuvante no Atlético, onde atuou apenas duas vezes no primeiro semestre, a peça-chave no Sport. Há cinco meses em Recife, o atacante André se tornou titular absoluto e xodó do Leão. Os números justificam: quase 40% dos gols do time no Campeonato Brasileiro contaram com a participação dele - de acordo com dados do Footstats, marcou 12 vezes, além de dar seis assistências. A boa fase do camisa 90 tem despertado o interesse de vários clubes.

André: destaque do Sport no Brasileirão
(Créditos: Carlos Ezequiel Vannoni/Sport Recife)

Corinthians, Grêmio e Inter monitoram a situação de André. As tratativas, no entanto, ainda não avançaram. O motivo, conforme o Blog Toque Di Letra apurou, é o fato de o staff do atleta aguardar, para janeiro, ofertas de equipes asiáticas. A possibilidade de reaver parte do investimento feito entre 2011 e 2012 agrada ao Atlético, com quem o avante tem vínculo até junho de 2016. De acordo com o site especializado Transfermarkt, André está avaliado em € 2,1 milhões.

Uruguaio mais distante

De acordo o periódico Olé, o meio-campista Carlos Sánchez deve deixar o River Plate, da Argentina, para vestir a camisa do Monterrey, do México, após o Mundial de Clubes. Pelo menos quatro clubes do Brasil, entre eles Atlético e Cruzeiro, estavam interessados no jogador uruguaio, conforme apurou a reportagem. Contudo, a pedida salarial de cerca de US$ 80 mil mensais, mais US$ 4 milhões pela assinatura do vínculo, foi considerada elevada pelos interessados.

Alex em Belo Horizonte

Capitão do Cruzeiro na conquista da Tríplice Coroa em 2003, o ex-camisa 10 Alex estará na capital mineira na próxima quinta-feira, dia 19, para o lançamento de Alex, a biografia, livro escrito pelo carioca Marcos Eduardo Neves. "A expectativa é de que seja algo parecido com o lançamento em São Paulo. Lá, foram vendidos mais de 450 livros", disse Alex ao Blog. O evento acontecerá a partir das 18h, no Itatiaia Rádio Bar, na Rua Pium-Í, 620, no bairro Anchieta.

2 comentários:

  1. O André não funciona no Galo que ele siga seu caminho em outra equipe,se vier uma grana por ele melhor sera.

    ResponderExcluir
  2. Para mim quem tem que ir embora do Atlético é Levir, técnico ultrapassado, carrancudo, quando tem folga na tabela libera a equipe e zarpa para Curitiba para cuidar de seus negócios lá.
    A equipe de preparadores também tem que mudar. O time já no primeiro tempo dos jogos fica com uma baita gravata vermelha, e no segundo tempo a maioria fica se arrastando em campo.

    ResponderExcluir