01/03/2016


América tem obrigação de pontuar no clássico contra o Atlético,
nesta quarta-feira, no Horto; vitória alviverde elimina Cruzeiro

Vinícius Dias

Depois de tropeçarem na 2ª rodada da Copa da Primeira Liga, América e Cruzeiro fazem contas visando à classificação às semifinais do torneio. O time americano, que volta a campo nesta quarta-feira diante do eliminado Atlético/MG, e a Raposa, que terá pela frente o Atlético/PR no dia 09 de março, dependem de combinações de resultados para avançarem. A uma rodada do fim da fase de grupos, o Blog Toque Di Letra fez um esboço dos cenários que interessam aos mineiros.


O Coelho entrará em campo com a obrigação de somar pontos na Arena Independência. Para chegar à liderança do grupo C, uma das combinações seria: vencer por, no mínimo, três gols de diferença e, depois, torcer por triunfo do Figueirense ante o Flamengo por até dois gols de vantagem. A tendência, no entanto, é de que o time comandado por Givanildo Oliveira brigue pelo segundo lugar do grupo.

América precisa somar pontos amanhã
(Créditos: Carlos Cruz/América FC/Divulgação)

Caso seja vice-líder com seis pontos, o América terá boa chance de ser o melhor segundo colocado e se classificar à fase semifinal. Nenhuma equipe do grupo B o superaria, por exemplo. Em relação ao grupo A, o cenário mais simples é: vitória por um gol de diferença ante o Atlético/MG nesta quarta associado a tropeço do Fluminense diante do Criciúma, em jogo que será disputado na próxima semana.

Cenários em caso de empate

Para se classificar como melhor segundo com quatro pontos, o Coelho teria, no cenário ideal, de anotar vários gols no empate com o Atlético/MG. Depois, torcer por tropeço do Figueirense ante o Flamengo, no mesmo grupo. No grupo A, o Cruzeiro poderia, no máximo, empatar com o Atlético/PR, e o Fluminense teria de tropeçar ante o Criciúma - de preferência, com vitória simples do Tigre. No grupo B, o Grenal não poderia terminar em empate, resultado desejado no duelo entre Coritiba e Avaí.

Cruzeiro: vitória é obrigação

O Cruzeiro voltará a campo pela Copa da Primeira Liga no dia 09 - antes disso, haverá clássicos entre Atlético/MG x América e Grêmio x Inter. Pelo cenário de momento, caso supere o Atlético/PR, o time celeste ainda pode avançar como melhor segundo colocado. Mas, para garantir a vice-liderança do grupo A, terá de torcer por triunfo do Criciúma ante o Fluminense - pelo mesmo saldo da vitória azul, no máximo - ou empate - sem gols, em caso de vitória simples da Raposa, por exemplo.

Raposa ainda sonha com vaga nas semis
(Créditos: Washington Alves/Light Press)

Em relação ao grupo B, um empate no clássico Grenal elimina o Cruzeiro antecipadamente. O cenário ideal tem vitória colorada - o teto de saldo de gols do Grêmio seria zero, marca que o time celeste igualaria com triunfo simples. No outro jogo, o resultado mais favorável à Raposa seria empate entre Coritiba e Avaí. O limite para triunfo do Coxa, por exemplo, seria o saldo obtido pelo Cruzeiro na noite anterior.

Na torcida por dois empates

No grupo C, América e Figueirense poderiam, no máximo, empatar seus confrontos contra Atlético/MG e Flamengo. Nessa combinação, mineiros e catarinenses fechariam a fase de grupos com os mesmos quatro pontos que a Raposa vai alcançar em caso de vitória, mas provavelmente seriam superados nos critérios de desempate.

Nenhum comentário:

Postar um comentário