28/03/2016

Três pontos e mais um passo

Vinícius Dias

"Posição de goleiro é mais complicada, porque o reserva não tem o tempo de bola de um goleiro que vem atuando. Temos de colocar mais bolas na área e arriscar de fora. Tudo o que for possível, vamos tentar". Foram as palavras de Rafael Silva, na coletiva de terça-feira. Cinco dias depois, aos 29' da etapa final, Élber finalizou de longe, Uilson falhou e a bola sobrou para o atacante confirmar a profecia e estufar as redes do Independência em seu primeiro clássico pelo Cruzeiro.


Mas o bom jogo, com 28 finalizações, teve mais. Outra exibição segura do volante atleticano Rafael Carioca, com movimentação e bom aproveitamento nas trocas de passes. A atuação incontestável do goleiro cruzeirense Fábio - uma das cinco melhores entre 678 com a camisa azul estrelada. E, claro, não poderia faltar polêmica em torno da arbitragem - o volante Ariel Cabral deveria ter sido expulso, na etapa final, em lance no qual atingiu o atacante Hyuri, por exemplo.

Rafael Silva marcou o gol do clássico
(Créditos: Washington Alves/Light Press)

Para os treinadores, apesar dos 15 desfalques, o clássico da Páscoa deixa alguns recados. No lance do gol, Diego Aguirre - que fez a opção por um meio-campo menos combativo, escalando Júnior Urso em vez de Leandro Donizete - viu Élber ter tempo e espaço para explorar o espaço vazio na intermediária atleticana. Do outro lado, Deivid - embora o Cruzeiro tenha feito hoje sua melhor apresentação no ano - viu a equipe ter dificuldades para construir jogadas pelo lado direito.

Por ora, ainda é impossível saber aonde os times vão chegar.
Mas, ao ritmo de Rafael Silva, o Cruzeiro deu mais um passo.

4 comentários:

  1. Ganhar clássicos sempre é bom... só espero que isso não esconda os problemas que o Cruzeiro ainda tem... Rafael Silva vem fazendo um bom trabalho, mas acho que o Cruzeiro merece um atacante melhor...

    ResponderExcluir
  2. Deixa ele. Tem estrela. A torcida do Vasco o chamava de "O artilheiro das decisoes" Nao pode ficar de fora. Porem o meeio de campo nao viu a bola. Quer dizer a defesa ta bem o ataque cunpriu sua obrigacao mas a distancia entre os dois 'e imensa. Falta um "meia de ligacao".JFSaraiva

    ResponderExcluir
  3. Testar o Alex primeiro como meia de ligação.

    ResponderExcluir
  4. Eduardo,
    muito se falou da não marcação do pênalti, mas se esqueceram de dizer do Leonardo Silva não ter levado cartão amarelo, em falta semelhante a que o Manuel levou o amarelo. Se o Leo Silva tivesse tomado o amarelo no tempo certo, estaria expulso do clássico com 2 amarelos. O imprensa de atleticanos, façam a leitura completa do jogo.

    ResponderExcluir