08/09/2016


Assinada por Philipe Lima, filho do ex-centroavante, obra reúne
depoimentos de vários personagens e prefácio de Chico Pinheiro

Vinícius Dias

Maior artilheiro da história do Atlético, com 255 gols marcados entre 1973 e 1985, Reinaldo teve sua trajetória de vida imortalizada em livro. Publicado pela Editora Letramento, Punho cerrado - A história do Rei será lançado em Belo Horizonte no dia 16 de setembro, no auditório da sede do Atlético, às 19h. Também há eventos programados para Rio de Janeiro, São Paulo e Fortaleza nas próximas semanas. A biografia é assinada por Philipe Van Lima, filho do ex-atacante, e custará R$ 49,90.

Em janeiro, ex-atacante fará 60 anos
(Créditos: Galosampa/Twitter/Reprodução)

Para o advogado, o processo de produção do livro significou também a chance de conhecer diversos olhares sobre o pai. "Foi uma grande experiência. (Retrata) a grandiosidade do ídolo que ele foi, do que representou para o futebol, para o esporte e para o país no tempo dele", comenta ao Blog Toque Di Letra. Prefaciada pelo jornalista Chico Pinheiro, a biografia reúne uma série de depoimentos de personagens que acompanharam a trajetória de Reinaldo.

Talento revelado aos 14 anos

Natural de Ponte Nova, o atacante foi descoberto aos 14 anos pelo ex-treinador Barbatana, que à época comandava o juvenil do Atlético. Em campo, Reinaldo fez história, tendo inclusive disputado a Copa do Mundo de 1978, na Argentina. Fora dele, se destacou pela militância política em favor da redemocratização do país e pela proximidade com ícones da cultura nacional, como o escritor Roberto Drummond e os músicos Milton Nascimento, Chico Buarque e Gonzaguinha.

(Créditos: Editora Letramento/Divulgação)

Depois de encerrar sua trajetória profissional, em 1988, no futebol holandês, o ídolo atleticano enfrentou alguns problemas pessoais, mas venceu todos os desafios. Nessa perspectiva, Punho Cerrado - A história do Rei é também uma narrativa de superação.

Cronograma de lançamentos:

18/09 - Rio de Janeiro - Cariogalo (Bar La Esquina), às 13h30
19/09 - Rio de Janeiro - Guilhermina Bar, às 19h
23/09 - São Paulo - Museu do Futebol, às 19h
24/09 - São Paulo - Galosampa (Bar do Parque), às 16h
07/10 - Fortaleza - Leitura Shopping RioMar, às 19h

2 comentários:

  1. SOU CRUZEIRENSE, MAS SEMPRE SOUBE SEPARAR AS COISAS, REINALDO PRA MIN SEMPRE SERA UM GENIO, ESPETACULAR, ACIMA DE RONALDO, ROMARIO, CARECA E ETC, PENA QUE O MARKETING, A MIDIA E A MEDICINA NÃO ERAM COMO OS DIAS DE HOJE, SENÃO O RECONHECIMENTO DESTE CRACAÇO SERIA UM MILHAO DE VEZES MAIOR.

    ResponderExcluir
  2. Um dos maiores ídolos do futebol mundial e maior jogador da história do meu Glorioso Galo. De uma inteligência ímpar em campo. Imparável, imarcável e implacável, principalmente pelos Zagueiros do adversário azul. Raul que o diga. Fico feliz por mais essa lembrança para eternizar esse grande jogador que foi o Rei.

    ResponderExcluir