11/10/2016


Com vitórias sobre Grêmio e Ponte Preta, time superou rótulo de
pior mandante; defesa celeste é a sexta menos vazada do returno

Vinícius Dias

Com seis pontos conquistados em oito dias, o Cruzeiro começou com o pé direito o mês de outubro, considerado decisivo na luta contra o rebaixamento. Os triunfos no Mineirão diante de Grêmio, no dia 1º, e Ponte Preta, no último sábado, foram fundamentais para que o time comandado por Mano Menezes deixasse o Z4 e ainda superasse o rótulo de pior mandante do Campeonato Brasileiro - da 27ª à 29ª rodada, o aproveitamento em casa saltou de 35,9% para a faixa dos 44,4%.


Os números confirmam a recuperação celeste na competição: 18º colocado no primeiro turno, com 19 pontos, o Cruzeiro já somou 17 pontos em dez jogos do returno. Sétima na classificação da metade final do Campeonato Brasileiro, a Raposa alcançou 56,7% dos pontos disputados - aproveitamento semelhante ao de equipes que disputam vaga na Libertadores. No período, o time tem o sétimo ataque mais efetivo - média de 1,3 gol por partida - e a sexta defesa menos vazada - nove gols sofridos.

No sábado, Raposa bateu a Ponte Preta
(Créditos: Yuri Edmundo/Light Press/Cruzeiro)

Ao confirmar a décima vitória, o Cruzeiro viu as chances de permanência na Série A crescerem. De acordo com projeção realizada pelo Departamento de Matemática da UFMG, no momento, a probabilidade de rebaixamento é de apenas 12,9%. Até o fim do Campeonato Brasileiro, o time celeste receberá mais quatro adversários no Gigante da Pampulha: Chapecoense, Fluminense, Santos e Corinthians. Nesta rodada, o compromisso será diante do Palmeiras, no estádio Fonte Luminosa, em Araraquara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário