05/10/2016

Contra o Corinthians - e o calendário!

Alisson Millo*

Há quatro anos, o Atlético sonhava com o bicampeonato brasileiro, mas a conquista bateu na trave muito em função da lacuna aberta pela saída de Danilinho. Quando o meia-atacante, que exercia papel fundamental pelo lado direito do campo, teve o contrato rescindido, Guilherme, Escudero e outros jogadores tentaram, mas não conseguiram substituí-lo. Assim sendo, o título ficou com o Fluminense, atual clube de Danilinho.


A lição foi aprendida. Neste ano, o elenco foi montado criteriosamente e todas as posições têm, no mínimo, um reserva à altura. E é nessa reta final que a força do grupo tem de aparecer. Como o calendário da CBF não se adéqua às datas Fifa, o Galo entrará em campo contra o Corinthians sem cinco - Erazo, Rafael Carioca, Otero, Cazares e Pratto - atletas convocados para seleções. Além deles, quatro - Marcos Rocha, Maicosuel, Luan e Carlos - estão fora por lesões. Júnior Urso recebeu o terceiro amarelo na rodada passada, enquanto Dátolo ainda é incógnita.

Robinho e Clayton têm se destacado
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

Mesmo assim, a confiança segue em alta. Os reservas acionados vêm dando recado. Carlos Cesar está aproveitando a sequência no time titular. Gabriel é uma grata revelação das categorias de base e já ameaça a posição de Erazo. Clayton vive sua melhor fase com a camisa do Atlético e faz por merecer a titularidade na ponta direita. Em razão do alto investimento, o ex-atacante do Figueirense veio cheio de expectativas e custou a engrenar, mas, como ótimo jogador que é, está crescendo e sendo decisivo.

Oportunidade para os reservas

Nome quase certo para o jogo no Itaquerão, Lucas Cândido não vem tendo tantas chances no time titular, mas já mostrou qualidade e tem a confiança da torcida. Deve fazer uma boa dupla com Leandro Donizete. Outro que deve aparecer contra o Corinthians é Hyuri. Mesmo sem ter empolgado o atleticano desde que chegou, o atacante mostrou mais empenho diante da Ponte Preta que anteriormente. Nesta quarta-feira, ele pode começar jogando e é hora de justificar a contratação.

No turno, Atlético venceu Corinthians
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

A diretoria já fez sua parte. É hora de apoiar, afinal o time é bom e tem tudo para tirar o Atlético da fila. Com dois confrontos contra os líderes em nosso caldeirão, o título é muito possível. Hoje, a batalha é contra o Corinthians e contra o calendário.

Acreditando sempre, vai para cima deles, Galo!

*Jornalista. Corneteiro confesso e atleticano desde 1994.
Goleiro titular e atual capitão da seção Fala, Atleticano!

Nenhum comentário:

Postar um comentário