20/10/2016


Reserva com Mano Menezes, o atacante celeste agrada à cúpula da
equipe alvinegra, onde foi campeão da Copa Libertadores em 2012

Vinícius Dias

Eliminado nas quartas de final Copa do Brasil e fora da disputa pelo título brasileiro, o Corinthians já se movimenta nos bastidores visando à próxima temporada. Prestes a confirmar o retorno do centroavante Jô, que embarcou nesta quinta-feira para São Paulo, a cúpula alvinegra continua em busca de reforços. Dois dos nomes monitorados são Juninho, zagueiro do Coritiba, e o atacante Willian, do Cruzeiro.

Willian: seis gols em 39 jogos neste ano
(Créditos: Marcello Zambrana/Light Press/Cruzeiro)

As situações são tratadas internamente e, conforme o Blog Toque Di Letra apurou, ainda não houve contatos do Corinthians com os clubes. No caso de Willian, no entanto, o técnico Oswaldo de Oliveira já deu o sinal verde. Com o atleta em baixa na Toca, o valor do negócio é considerado o maior obstáculo: em 2014, o Cruzeiro pagou € 3,5 milhões ao Metalist, da Ucrânia, para tê-lo. Uma saída por empréstimo é improvável.

Histórico do atacante

Revelado na base do Guarani, Willian defendeu o Corinthians entre janeiro de 2011 e julho de 2012. Um ano após deixar o clube do Parque São Jorge, onde foi campeão brasileiro e da Copa Libertadores, voltou ao país para atuar no Cruzeiro. Com contrato até dezembro de 2018, o atacante já disputou 176 partidas com a camisa celeste, balançando as redes 39 vezes, e conquistou duas vezes o Campeonato Brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário