17/11/2016


Nos bastidores, expectativa é de que acordo atinja valor recorde
e base se aproxime de R$ 40 milhões; arbitral ocorre nesta sexta

Vinícius Dias

Dirigentes dos 12 clubes do módulo I se reunirão nesta sexta-feira, na sede da FMF, para bater o martelo em relação ao Campeonato Mineiro de 2017. Após o arbitral e a definição da fórmula de disputa da competição, o foco voltará a ser a venda dos direitos de transmissão. Faltando cerca de dois meses para a primeira data - 29 de janeiro - reservada pela CBF para os estaduais, o novo contrato ainda não foi firmado.


Ainda assim, a expectativa nos bastidores é de que o acordo atinja cifras recordes, se aproximando da projeção citada em julho ao Blog Toque Di Letra por um dirigente. No primeiro esboço, cada um dos nove clubes do interior receberia cerca de R$ 800 mil, assegurando um faturamento pelo menos 60% maior em relação ao contrato anterior.

Arbitral do módulo I desta temporada
(Créditos: Site Oficial da FMF/Divulgação)

O acordo que vigorou até o torneio passado tinha base de R$ 23 milhões anuais. Por edição, os clubes do interior embolsavam mais de R$ 500 mil. Atlético e Cruzeiro tinham cotas acima dos R$ 7 milhões, com o América faturando quase R$ 2 milhões. As cifras eram alavancadas pelo fato de os próprios clubes negociarem as placas de publicidade.

Negociações em separado

Embora seja previsto contrato único - firmado pelos clubes e também pela FMF, a quem cabe parte do valor -, as negociações com os participantes acontecem em etapas. No mês passado, o diretor comercial do Cruzeiro confirmou à reportagem que a Raposa já tinha acordo encaminhado. Na época, dois dirigentes do interior afirmaram que os respectivos clubes sequer haviam sido contatados. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário