08/12/2016


Em quatro temporadas, clube conquistou apenas uma competição
nesse formato; responsáveis por nove revezes ficaram com títulos

Vinícius Dias

Bicampeão brasileiro em 2013 e 2014, o Cruzeiro não teve a mesma sorte em mata-matas. De dez competições disputadas nesse formato a partir de 2013, o clube faturou apenas uma: o Campeonato Mineiro, ainda em 2014. Entre os nove reveses, contudo, há um ponto em comum: o algoz celeste soltou o grito de campeão na sequência.


A escrita foi reforçada nessa quarta-feira, com o título do Grêmio sobre o Atlético na Copa do Brasil. Curiosamente, no período, o alvinegro foi quem mais vezes levantou troféus depois de passar pela Raposa: dois estaduais (2013 e 2015) e uma Copa do Brasil (2014). A lista também tem América, Flamengo, Palmeiras, San Lorenzo e River Plate.

Tricolor bateu a Raposa nas semifinais
(Créditos: Lucas Uebel/Flickr/Grêmio FBPA)

Se considerada a Copa da Primeira Liga, disputada no primeiro semestre deste ano, o histórico é a ainda maior. A derrota contra o Fluminense, no Mineirão, marcou de forma simbólica a eliminação logo na primeira fase. Posteriormente, a equipe carioca chegou à final diante do Atlético/PR, em Juiz de Fora, e conquistou o título.

Cruzeiro x campeões da Libertadores:
2014 - San Lorenzo - eliminação nas quartas de final
2015 - River Plate - eliminação nas quartas de final

Cruzeiro x campeões da Copa do Brasil:
2013 - Flamengo - eliminação nas oitavas de final
2014 - Atlético/MG - adversário na decisão
2015 - Palmeiras - eliminação nas oitavas de final
2016 - Grêmio - eliminação nas semifinais

Cruzeiro x campeões do estadual:
2013 - Atlético/MG - adversário na decisão
2015 - Atlético/MG - eliminação nas semifinais
2016 - América - eliminação nas semifinais

Nenhum comentário:

Postar um comentário