13/03/2017


Sumiço foi percebido por jornalista que assistia ao jogo entre Villa
Nova e Uberlândia; torcedor lembra caso curioso envolvendo Tinga

Vinícius Dias

Dentro de campo, o atacante Roni foi o protagonista da vitória do Villa Nova sobre o Uberlândia, por 2 a 0, nesse domingo, no estádio Castor Cifuentes. Autor de dois gols, o camisa 9 formado nas categorias de base do São Paulo ajudou o Leão do Bonfim a se afastar da zona de rebaixamento do Campeonato Mineiro.


Fora de campo, no entanto, o destaque ficou por conta sumiço da escada comumente utilizada pelo responsável pela atualização do placar, logo depois do segundo gol. A curiosidade foi notada pelo jornalista Rivelle Nunes, que estava no estádio, em Nova Lima. Atento, ele registrou os detalhes por meio de seu perfil no Twitter.


A sequência de publicações mostra que, devido ao sumiço, o tento assinalado por Roni aos 31' da etapa final foi contabilizado no placar oficial com alguns minutos de atraso. "Não me lembro de algum fato semelhante a esse", destacou o radialista Rodrigo Ferreira, setorista do clube alvirrubro na Rádio Nova Lima FM há dez anos.


"Para atualizar o placar, tem que subir em uma escada que fica no túnel da equipe adversária", acrescentou, sem segurar o sorriso. A situação fez um torcedor do Villa Nova recordar o que viu nas semifinais do estadual de 2013. "No jogo contra o Cruzeiro, o antigo responsável por mudar o placar caiu em cima do Tinga e os dois foram para o chão", comentou.

2 comentários: