15/05/2017


Clube alvinegro tem aproveitamento de 60,6% diante dos hermanos
na capital mineira e acumula triunfos em seis duelos mais recentes

Vinícius Dias

Com vaga garantida nas oitavas de final da Copa Libertadores, o Atlético entra em campo nesta terça-feira, na Arena Independência, mirando a primeira colocação do grupo 6. O adversário será justamente o atual líder Godoy Cruz, que está invicto nesta edição do torneio sul-americano. O confronto será o 23º do alvinegro contra equipes argentinas em Belo Horizonte, onde o Galo tem retrospecto favorável e foi derrotado pela última vez em setembro de 1998.


A partida desta terça-feira será a segunda contra o Godoy Cruz na temporada. No dia 08 de março, o time comandado por Roger Machado empatou com o Expreso, por 1 a 1, em Mendoza. O duelo válido pela 1ª rodada, cujos gols foram assinalados por Javier Correa e Fred, marcou o 11º encontro com argentinos em nove participações atleticanas na Copa Libertadores. O histórico aponta cinco vitórias, dois empates e quatro derrotas, com 18 gols marcados e 14 sofridos.

Victor foi herói nos pênaltis em 2013
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

Cinco dos 11 confrontos foram disputados na capital mineira, com quatro triunfos alvinegros e um revés. O embate mais emocionante remonta às semifinais da edição de 2013: batido pelo Newell's Old Boys por 2 a 0 na Argentina, o Atlético devolveu o placar na Arena Independência e, nos pênaltis, conquistou a vaga na decisão. O segundo gol foi anotado pelo meia-atacante Guilherme, já nos minutos finais, depois de o jogo ser interrompido por uma queda de energia no estádio.

R10: despedida com título ante Lanús
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

Entre amistosos e competições sul-americanas, o histórico contra equipes argentinas teve outros 17 capítulos em Belo Horizonte. Dois deles marcaram conquistas alvinegras diante do Lanús. A primeira em 1997: depois da vitória por 4 a 1 na ida, o empate por 1 a 1 no Mineirão valeu o título da Copa Conmebol. A segunda em 2014: o Atlético foi campeão da Recopa após o triunfo por 4 a 3, na prorrogação. O duelo no Gigante da Pampulha marcou a despedida de Ronaldinho Gaúcho do clube.

Atlético x argentinos em BH - histórico:

19/01/1940 - Amistoso - Atlético 2x1 Independiente
20/01/1946 - Amistoso - Atlético 3x4 Rosario Central
25/01/1953 - Amistoso - Atlético 0x1 Chacarita Juniors
14/03/1958 - Amistoso - Atlético 1x2 Racing
16/03/1958 - Amistoso - Atlético 2x3 Racing
13/07/1969 - Amistoso - Atlético 3x1 Racing
10/08/1969 - Amistoso - Atlético 2x1 Vélez Sarsfield
17/08/1969 - Amistoso - Atlético 2x1 San Lorenzo
24/09/1978 - Libertadores - Atlético 1x2 Boca Juniors
08/10/1978 - Libertadores - Atlético 1x0 River Plate
03/09/1985 - Amistoso - Atlético 1x1 River Plate
05/09/1985 - Amistoso - Atlético 0x0 Boca Juniors
14/07/1993 - Copa Ouro - Atlético 0x0 Boca Juniors
12/12/1995 - Copa Conmebol - Atlético 4x0 Rosario Central
17/12/1997 - Copa Conmebol - Atlético 1x1 Lanús
23/09/1998 - Copa Conmebol - Atlético 0x1 Rosario Central
13/09/2000 - Copa Mercosul - Atlético 3x2 San Lorenzo
01/11/2000 - Copa Mercosul - Atlético 2x0 Boca Juniors
03/04/2013 - Libertadores - Atlético 5x2 Arsenal de Sarandí
10/07/2013 - Libertadores - Atlético 2x0 Newell's Old Boys
23/07/2014 - Recopa - Atlético 4x3 Lanús (prorrogação)
04/05/2016 - Libertadores - Atlético 2x1 Racing

Um comentário:

  1. Meu amigo, um jogo de futebol é 90 minutos e o Atlético_MG perder para o Lanus por 3x2 em 2014!
    Venceu por 2x0 na prorrogação e foi campeão!Mas no tempo normal perdeu!Então não existe esse invencibilidade!

    ResponderExcluir