26/05/2017


Ideia agrada ao presidente do Conselho Deliberativo, que pretende
colocá-la em pauta; segundo encontro de jovens ocorrerá em junho

Vinícius Dias

Visando impulsionar a participação de jovens cruzeirenses nas atividades do Conselho Deliberativo do clube, um grupo de conselheiros e suplentes tem se articulado e debatido ideias nos bastidores. O primeiro encontro sobre o tema aconteceu na noite de 18 de maio, no Parque Esportivo do Barro Preto, e contou com nove participantes. Uma nova reunião está agendada para o dia 06 de junho. A expectativa é de que, em breve, seja chancelada a criação de uma comissão de jovens.


Embora não tenha entrado em detalhes, o presidente do Conselho Deliberativo celeste, João Carlos Gontijo de Amorim, demonstrou simpatia pelo projeto. "É importante, uma ideia muito boa. Nós temos que trabalhar a juventude", afirmou ao Blog Toque Di Letra. "Naturalmente, será colocada em discussão nessas próximas reuniões do Conselho", completou, pontuando que a criação da comissão, destinada a acompanhamento, não asseguraria direitos adicionais a seus integrantes.

João Carlos ao lado do presidente Gilvan
(Créditos: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

Um dos pré-requisitos para participação nos encontros do grupo é ter nascido a partir de 1980. A princípio, os idealizadores mapearam 28 nomes que atendem à exigência - cinco conselheiros natos, 12 associados conselheiros e 11 suplentes. Na abertura dos trabalhos, nove dos convocados marcaram presença. "Essa reunião não terá cunho político, e a nossa intenção é ampliar a nossa voz dentro do Conselho Deliberativo", antecipava trecho de uma das mensagens compartilhadas.

Acompanhamento e capacitação

A proposta é baseada no conceito de mentoring. O organograma prevê, inicialmente, três funções de acompanhamento e duas suplências. O presidente acompanharia as atividades dos conselhos Fiscal e Deliberativo, além das demandas dos clubes sociais. Um membro ficaria responsável pelo relacionamento com o Conselho Deliberativo, outro com o Conselho Fiscal - ambas as funções teriam suplentes nomeados. As experiências seriam compartilhadas com o restante da comissão.

Projeto visa capacitar novas lideranças
(Créditos: Site Oficial do Cruzeiro/Divulgação)

Na reunião de 06 de junho, devem ser discutidas as primeiras pautas dos jovens para apresentação ao Conselho Deliberativo. Os objetivos foram traçados a partir da expectativa de que, até 2026, o Conselho cruzeirense seja o mais participativo do cenário nacional. Nesse sentido, a tendência é de que, para participação no grupo, seja fixado índice mínimo de presença em reuniões do órgão. Outra possibilidade de pré-requisito levantada é de que os jovens integrantes sejam sócios do futebol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário