15/06/2017

O Atlético que não convence nem vence

Vinícius Dias

Falha de Felipe Santana, arrancada de Sidcley e gol do Atlético/PR aos 44 minutos do segundo tempo: 1 a 0 na Arena Independência, o golpe final diante de um Atlético que mostra cada vez menos ideias e inicia mal o Campeonato Brasileiro. Apenas seis pontos conquistados em 21 possíveis, sem convencer no único triunfo e com duas derrotas consecutivas para lanternas. Segundo pior ataque - cinco gols marcados, a exemplo do rival Cruzeiro -, segundo pior mandante após sete rodadas.


As vaias ao fim da partida marcaram o contraste entre a expectativa do torcedor e o que, de fato, o time de Roger Machado apresenta. Lucho González foi expulso aos 39' da etapa inicial. Era natural que o Atlético tivesse maior posse, girasse a bola em busca dos espaços e os encontrasse à medida que o Furacão se desgastasse. Mas o que se viu foram cruzamentos para a área - 63, apenas oito certos, de acordo com o Footstats - e o adversário aproveitando os espaços para incomodar.

Atlético: seis pontos em sete rodadas
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

O time que somou apenas dois pontos em três jogos fora - por trás dos números, empates com Flamengo e Palmeiras, é verdade - na competição que tem o melhor visitante como campeão desde 2011 começa também desperdiçando pontos no Horto. O que não é regra. Desde que voltou a mandar suas partidas em Belo Horizonte, a edição com mais derrotas em casa foi a de 2014: quatro em 19 rodadas. Neste ano, já foram duas em quatro, com raros lampejos de bom futebol.

O futebol segue aquém do elenco e do que consagrou Roger.
Até aqui, o Atlético é um time que não convence nem vence.

4 comentários:

  1. Com o futebol espetacular apresentado por esse time do Galo, a folha de pagamento deveria ser equivalente ou seja NADA MAIS QUE R$ 2000,00. MANDEM OS MEDALHÕES EMBORA E DISPUTEM COM O PESSOAL DIVISÃO DE BASE. Pelo menos não se terá gastos vultosos e o resultado em campo será o mesmo desse time ridiculo. Time de futebol medíocre, Diretoria amadora e incapacitada, receitas para vergonha e descenso

    ResponderExcluir
  2. OLHA, NOME NÃO JOGA, E ESTES JOGADORES QUE AI ESTÃO, NÃO TEM RAÇA, NÃO SÃO PARA O ATLÉTICO, TEM TIME NO BRASILEIRÃO QUE VENCEU O GALO E QUE O TIME INTEIRO NÃO GANHA O QUE 1 JOGADOR DO GALO GANHA. ESTES JOGADORES SÃO MERCENÁRIOS TEM QUE DISPENSAR UMA A UM. REMONTAR O TIME PROCURANDO JOGADORES NA SEGUNDONA NOS SUB. 20 POR ESSE PAIS AFORA, JOGADORES COM QUEREM VENCER, JOGADORES COM RAÇA. ESTRUTURA O GALO TEM DE SOBRA, FALTA QUE DIRIGENTES ACORDEM A PAREM DE CONTRATAR REJEITADOS DE FORA E DAQUI. NEPOMUCENO E RESTANTE DA DIRETORIA, ACORDEM....ACORDEM ....TOMEM ATITUDE.

    ResponderExcluir
  3. Meu galo querido está uma "beleza". Vamos em frente que o mundo gira.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom comentário. Exatamente isto: Se não vence, não convence.

    ResponderExcluir