20/10/2017


Eleito segundo vice-presidente para o triênio 2018/2020, Ronaldo
Granata adota discurso de unificação do clube em eleições à vista

Vinícius Dias

Mesmo passadas mais de duas semanas da eleição presencial, os bastidores políticos do Cruzeiro seguem movimentados. Isso porque, ainda neste ano, o clube celeste definirá a mesa diretora do Conselho Deliberativo e os 220 nomes do quadro de associados conselheiros para o triênio 2018/2020. Em meio à agitação, um grupo de conselheiros encabeçado por Ronaldo Granata, recém-eleito segundo vice-presidente na chapa de Wagner Pires de Sá, tem tentado viabilizar uma coalizão interna.


A uma semana do fim do prazo de registro de candidaturas para a presidência do Conselho, o grupo trabalha com a proposta de chapa única no pleito de 07 de novembro e, por consequência, de escolha de nomes de consenso para o quadro de associados conselheiros, em dezembro. "O Cruzeiro hoje está fragmentado. Queremos juntar todo mundo. Depois da eleição presidencial, meu discurso foi justamente de unificação e já comecei a trabalhar nesse projeto", confirma Granata ao Blog Toque Di Letra.

Eleitos: Hermínio, Wagner e Granata
(Créditos: Chapa União/Divulgação)

Um dos principais defensores da ideia é o conselheiro nato Emílio Brandi, nome que, no início das articulações visando à sucessão presidencial, chegou a ser cogitado por interlocutores de Gilvan de Pinho Tavares para encabeçar a chapa de situação. "Acho que tem que ter união no Cruzeiro agora", afirma. Sobrinho de Felício Brandi, que presidiu o clube entre 1961 e 1982, Emílio vislumbra a possibilidade de Fernando Torquetti Júnior e Zezé Perrella, que já se lançaram pré-candidatos, "construírem juntos".

Perrella acena bandeira branca

Embora reconheça que o prazo curto é entrave, Ronaldo Granata mantém o otimismo. "O grupo do Zezé acenou bandeira branca para nós", justifica. A reportagem apurou com aliados do senador que a chapa da atual oposição ainda não tem nem mesmo a mesa diretora fechada, o que ratifica a possibilidade de composição. Torquetti, por sua vez, realizou nessa quinta-feira bate-papo com conselheiros ao lado dos outros três nomes da mesa diretora de sua chapa e já tem, inclusive, quatro dos seis membros do Conselho Fiscal - efetivos e suplentes - definidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário