30/01/2018


Com apenas cinco pontos em 12 possíveis, Oswaldo de Oliveira avalia
mudança de planos após escalar os titulares em apenas duas partidas

Vinícius Dias

Em busca de seu 45º título mineiro, o Atlético teve poucos motivos para comemorar nas quatro primeiras rodadas. Após perder por 1 a 0 para o Villa Nova, na última quinta-feira, em Nova Lima, o alvinegro voltou a tropeçar nesse domingo. O Galo chegou a abrir 2 a 0 diante da Patrocinense, no Horto, mas cedeu o empate na etapa final. Com cinco pontos em 12 possíveis, a equipe tem seu quarto pior início no atual formato.


A sequência negativa faz com que Oswaldo de Oliveira cogite até mesmo rever os planos. "O planejamento acontece, mas tem que ser recheado com o comportamento da equipe. Vou analisar durante a semana de trabalho. Pode ter alteração? Claro que sim, todo planejamento está sujeito a modificações", pontuou o treinador, que até então escalou time reserva fora de casa, com os titulares atuando apenas na Arena Independência.

Atlético cedeu empate à Patrocinense
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

Desde 2004, quando o estadual passou a contar com primeira fase seguida de mata-mata, o Atlético registrou apenas três inícios inferiores ao atual. Em 2014, tinha quatro pontos após os quatro primeiros jogos, com saldo -3. Mesmo aproveitamento de 2007, mas com saldo -1. Em 2006, somou cinco pontos, com saldo -2, contra 2 desta edição. Por outro lado, o alvinegro chegou com 100% à 5ª rodada em 2011, 2012 e 2017.

Melhores campanhas - até a 4ª partida:

2017 - 4 vitórias / 12 pontos / saldo +10
2012 - 4 vitórias / 12 pontos / saldo +9
2011 - 4 vitórias / 12 pontos / saldo +7
2016 - 3 vitórias e 1 empate / 10 pontos / saldo +7

Piores campanhas - até a 4ª partida:

2014 - 1 vitória, 1 empate e 2 derrotas / 4 pontos / saldo -3
2007 - 1 vitória, 1 empate e 2 derrotas / 4 pontos / saldo -1
2006 - 1 vitória, 2 empates e 1 derrota / 5 pontos / saldo -2
2018 - 1 vitória, 2 empates e 1 derrota / 5 pontos / saldo 2

Nenhum comentário:

Postar um comentário