16/05/2019

A quarta-feira de tapa na cara do cruzeirense

Vinícius Dias

Mais de 24 mil presentes no Mineirão, na quarta-feira passada, atendendo à convocação do presidente para o duelo que valia o 1º lugar geral da Libertadores, com pontuação histórica: 2 a 1 para o Emelec e tapa na cara do cruzeirense. Duas vitórias com claras dificuldades e duas derrotas sem oferecer resistência nas quatro primeiras rodadas do Brasileiro: tapa na cara do cruzeirense. Empate com o Fluminense abdicando do futebol e sofrendo o gol no último lance na Copa do Brasil: tapa na cara do cruzeirense.


Porque a quarta-feira de apenas um chute a gol em 90 minutos e menos de 35% de posse de bola diante de um Fluminense técnica e taticamente em estágio inferior não foi exceção, mas sim a confirmação da regra do Cruzeiro pós-Mineiro. Ainda mais quando a equipe que troca menos passes tem mais passes errados e quando a equipe superior permite ao adversário finalizar 20 vezes - sete delas em direção ao gol. Se o ataque não funcionou no Maracanã, tampouco a defesa teve a solidez dos melhores dias.

Cruzeiro de Mano abdicou do jogo
(Créditos: Bruno Haddad/Cruzeiro E.C.)

Se o segredo do estadual é duvidar das qualidades e acreditar nos defeitos, há pouco mais de um mês o Cruzeiro campeão invicto na casa do rival Atlético apresentava qualidades demais para se duvidar de todas. Hoje, apresenta defeitos demais para se acreditar e repensar. Com elenco, estrutura e tempo raros não apenas na história do clube, mas também no futebol brasileiro, Mano Menezes entrega um time, no máximo, comum. Que pouco venceu nos principais jogos e convenceu ainda menos.

Da euforia à preocupação, as dúvidas surgem e crescem.
A quarta-feira teve mais um tapa na cara do cruzeirense.

13 comentários:

  1. O time em 03 anos do Mano, nunca treinou junto, pois não tem uma jogada e erra passe de 03 metros. Time caro que não joga nada, péssimo treinador!!!...

    ResponderExcluir
  2. Fluminense em estágio tático inferior? Como assim? Em que estágio tático o Cruzeiro está? Não da pra tampar o sol com a peneira. Não ganhamos um jogo grande no ano... Nenhum

    ResponderExcluir
  3. Time de jogadores velhos , ganhando salários fora da realidade do clube , e ainda por cima fazendo juras de amor ao adversário, enquanto isso a base é emprestada a outros clubes e a dívida só aumenta , ta difícil ser cruzeirense .

    ResponderExcluir
  4. Essa é a hora do Cruzeiro mostrar que tem PRESIDENTE. Onde ele está? De quê se alimenta? Quem vai informar ao empregado que ganha 750 mil reais por mês - o Mano Menezes - que NÃO é essa a tradição do time e que se ele não jogar como gostam os cruzeirenses, certamente conseguimos rapidamente contratar OUTRO por 750 mil que fará o time jogar para frente??

    ResponderExcluir
  5. Mano sempre foi assim, não muda nunca! Uma série b com gremio e conrinthias.... não emplacou na seleção, abandonou o flamengo e já tinha feito isso com o Cruzeiro na época do perrela, quando preferiu dirigir o corinthinas na serie b ao cruzeiro.... alguém espera mais dele?

    ResponderExcluir
  6. Depois vem essa diretoria omissa, pedir para essa torcida maravilhosa, encher o Mineirão, encher pra que???,para ver esse timinho nojento dar vexame?? Chega já joguei a toalha

    ResponderExcluir
  7. Prefiro ver o meu Cruzeiro perdendo lutando do que ver aquela vergonha de ontem. Tive vergonha do meu Cruzeiro ontem, pois o Cruzeiro de tanta tradição não pode jamais jogar como um time pequeno, medroso e covarde.
    Esse Cruzeiro de ontem não reflete o espírito do torcedor cruzeirense. Quero o meu Cruzeiro de volta!

    ResponderExcluir
  8. Falou tudo... Infelizmente este ano vamos ter q aturar o Mano e vermos se biliscamos pelo menos a Copa Brasil para entrar Dh... Mas acho que o PRESIDENTE já tem que comecar a planejar o Ano q vem. Ja sondar o Diniz nos bastidores e ja planejar as nao renovacoes para o Ano q vem. PRESIDENTE ta na hora de mudar os rumos do nosso Cruzeiro... Pior gestao financeira do Pais... Trazer Diniz, nao renovar com alguns medalhões e chamar os medalhões idolos, Fábio, Léo, Henrique e propor redução salarial... Não dá para gastar mais do que arrecada.

    ResponderExcluir
  9. Acho que já deu para o Mano no Cruzeiro! Pra quem acompanha e torce de verdade, pra quem assistiu durante décadas, um time que era chamado de academia e hoje é obrigado e ver um time covarde em campo diante de um adversário que não anda assustando ninguém, tá difícil torcer!

    ResponderExcluir
  10. O cruzeiro e um time sem vida, perder ou ganhar para os atletas e mesma coisa.Não tem esquema nenhum, ao não ser retranca e lampejos de algum velocista perdido e sozinho no ataque, que pode por um acaso fazer o gol.A imagem e simples: adversário a 100 por horas e o Cruzeiro parado em campo.

    ResponderExcluir
  11. Ontem, pela primeira vez em mais de cinquenta anos, tive vergonha do Cruzeiro. Será que este técnico não percebe que o time tem jogado com 2 a menos (o cone e o Rodriguinho ou o Tiago Neves).

    ResponderExcluir
  12. AGORA TODO MUNDO ENXERGA, MAS COM MANO O TIME SEMPRE PRODUZIU ESSE FUTEBOLZINHO MIXARIA. A DIFERENÇA É QUE ANTES A DEFESA FUNCIONAVA, HOJE NEM ISSO.E N~~AO VAI MUDAR POIS, EMBORA O TIME CONTE COM JOGADORES QUALIFICADOS, MANO SÓ SABE MONTAR TIME PARA PRIMEIRO SE DEFENDER E, SE DER,ATACA.

    ResponderExcluir
  13. mas com esse mesmo time aplaudimos as duas copas do brasil né.o time nao é ruim nao pelo contrario,ainda vai dar a volta por cima.tenho fé nisso.

    ResponderExcluir