11/06/2019

TV assegura compra do Mineiro até 2021

Vinícius Dias

Depois de semanas de incerteza nos bastidores, a FMF já dá como garantida a venda dos direitos de transmissão do Campeonato Mineiro - principal fonte de receita do estadual - para as próximas duas temporadas. Conforme o Blog Toque Di Letra apurou, passados mais de 15 dias do prazo para rescisão sem multa sem que a emissora tenha se manifestado, o entendimento é de que o contrato está mantido até 2021.

Estadual terá valores recordes em 2020
(Créditos: Federação Mineira de Futebol/Divulgação)

De acordo com as bases fixadas na última renovação, a TV tinha até 23 de maio para acionar a cláusula que abria a possibilidade de rescisão em relação às temporadas de 2020 e 2021, as duas últimas do acordo vigente desde 2017. Internamente, desde o fim do ano passado, dirigentes de vários estados chegaram a adotar tom de incerteza sobre a venda dos direitos a partir de 2020, o que não se confirmou em Minas Gerais

Cifras recordes no próximo ano

Com contrato mantido, a próxima edição terá valores recordes. Nesta temporada, os clubes do módulo I e a FMF receberam, somados, quase R$ 38,5 milhões - o acordo, com valor inicial de R$ 36 milhões, prevê reajuste a cada ano. O campeão Cruzeiro e o rival Atlético receberam cerca de R$ 12,7 milhões cada. O América embolsou quase R$ 3 milhões, enquanto cada uma das equipes do interior faturou cerca de R$ 900 mil.

3 comentários:

  1. Desde que a FMF dividiu a Primeira Divisão do Campeonato Mineiro em 02( Dois ) Módulos ou Grupos, ela vem cometendo grave e absurdo erro ao dar ao Campeão do Módulo ou Grupo I o título de Campeão Mineiro do ano em disputa, quando, por lógica e direito, deveria realizar a decisão entre os respectivos campeões de cada Módulo ou Grupo. Pergunto: onde estão os diversos Advogados que lidam no Esporte que não enxergam um tão grave erro deste ?

    ResponderExcluir
  2. excelente para o futebol mineiro e principalmente para as equipes de baixa renda.

    ResponderExcluir