11/05/2012


Vice-campeão da Copa Libertadores pelo clube em 2009,
treinador recebeu convite para substituir Vágner Mancini

Vinícius Dias

O substituto de Vágner Mancini, que deixou a Raposa na 4ª feira, pode ser um velho conhecido dos cruzeirenses. Após as negativas de Ney Franco, que não foi liberado pela CBF, e Levir Culpi, que recebeu propostas para retornar ao exterior, Adilson Batista, vice-campeão da Copa Libertadores em 2009, é a bola da vez na Toca da Raposa.

Segundo informação apurada pelo Blog Toque Di Letra, o Cruzeiro havia apresentado uma proposta ao treinador antes mesmo de anunciar a saída de Mancini, já comentada nos bastidores. A princípio, a diretoria celeste oferece um vínculo até dezembro, com a possibilidade de renovação por mais uma temporada. Se aceitá-lo, Batista retorna ao time já na próxima semana.

Em sua primeira passagem pela Toca, Adilson comandou a equipe em 170 partidas, com um aproveitamento de 63,7%. Suas únicas conquistas, no entanto, foram os campeonatos estaduais de 2008 e 2009, com goleadas marcantes sobre o rival.

Na mira

Se Adilson é o preferido, outros dois técnicos são bem vistos pela cúpula celeste. Ex-ponta-direita da equipe na década de 1990, Renato Gaúcho, desempregado desde que saiu do Atlético/PR, em setembro último, já foi contatado. Jorginho, auxiliar de Dunga na última Copa, que tem contrato com o Kashima Antlers, do Japão, até o término da temporada, teria sido sondado.

7 comentários:

  1. Gosto do AB, mas confesso que gostaria de ver Sampaoli como técnico do Cruzeiro. Acho válida a aposta no argentino.

    ResponderExcluir
  2. Pessoal, pelo que estou vendo se vier o Adilson tá ótimo. Sem o Levir (parece já descartado), as outras opções são apostas muito arriscadas. Pra mim ano perdido e com a ressalva de rezar pra não cair.

    Outra coisa, o Adílson tem a vantagem de por moral nos jogadores, impõe respeito a grande parte da imprensa rosa e é um cruzeirense nato.

    Tomara!

    ResponderExcluir
  3. Gostaria muito que o nome fosse Adilson Batista o substituto do Mancini, que nos prestou um grande serviço, evitando o descenso à segunda divisão. Bravo Mancicini e Muito Obrigado. Ele escreveu uma página bonita na história do Cruzeiro. Infelizmente ele não tem conseguido dar um padrão tático convincente ao futebol do Cruzeiro. A vida é assim mesmo. Que venha outro técnico e que, no momento, pode ser o Adilson Batista. Espero que a Rádio Itatiaia não comece a fustigá-lo desde já, como já fez na primeira passagem dele pelo time Celeste.

    ResponderExcluir
  4. o mais importante de tudo é que o Adilson é cruzeirense, veste a camisa do clube. Eu quero um cara assim para comandar esse monte de perna de pau mercenário.

    ResponderExcluir
  5. Primeiro gostaria de dizer que o Adílson não é nem de longe o meu preferido.Não vejo tantas coisas boas que ele fez por aquí como muitas viúvas aí pelo TT andam dizendo.Aliás só ganhou mineiro ficou invicto contra o 6alo o que não é tanta coisa assim.Perdeu uma libertadores dentro de casa por orgulho em manter um zagueiro horroroso que todos questionavam e que entregou a rapadura,não colocou o Sorín porque não queria ninguém aparecendo mais que ele,o Sorín já falou várias vezes sobre isso,brigou com vários(Bernardo,L.Domingues etc),naõ consegui treinar mais nenhum time(SP,Corinthians,A.Paranaense e nem o Santos de Neymar,Ganso e cia)Acho que a galerinha aí o idolatra muito mais pelas suas rusgas com a imprensa e ser um defensor do Cruzeiro,o que de fato é.Mas já que é ele mesmo o escolhido,vou torcer para que dê certo e que volte menos orgulhoso e que dê mais chances a base dessa vez.

    ResponderExcluir
  6. gilson, mesmo tendo opiniões diferentes, admiro a forma como colocou a situação, pensando no cruzeiro em primeiro lugar. vamos todos dar apoio ao cruzeiro, que mais do que nunca tá precisando.

    ResponderExcluir
  7. Acredito que AB deve ser o escolhido porque dentre estes nomes, ele é o único que vem com respaldo da torcida.

    Já acabaria de cara com os "come quietos". Alguns jogadores não conseguiriam jogá-lo contra a torcida.

    ResponderExcluir