07/05/2014

Planalto azul celeste

Vinícius Dias

A vitória por 3 a 2 contra o Atlético/PR, no sábado, serviu de prêmio para os cruzeirenses de Brasília. Maioria entre os cerca de 12 mil espectadores que foram ao estádio Mané Garrincha, a torcida estrelada apoiou a equipe durante os 90 minutos. O ambiente favorável, a despeito da condição de visitante, foi apontado nas entrelinhas como fator-chave para que o time chegasse à virada no placar.

Segundo o Blog Toque Di Letra apurou, a comissão técnica do Cruzeiro teceu, nos bastidores, uma série de elogios à postura do torcedor celeste em Brasília. A boa impressão pode, a seguir, facilitar o retorno do clube à capital federal. O Mané Garrincha estaria, inclusive, à frente do Parque do Sabiá na avaliação do staff.

De amarelo na Copa

O Cruzeiro vai lançar, ainda em maio, a camisa comemorativa da Copa de 2014. Na cor amarela, e com a logomarca do BMG na cor azul, o modelo deve ser utilizado como uniforme C. Pela segunda vez, a equipe adota a iniciativa. Em 2010, o modelo confeccionado pela Reebok foi utilizado três vezes: empate frente ao Santos (0 a 0), vitória ante o Botafogo (1 a 0) e derrota para o Vitória (1 a 0).

Um comentário:

  1. Estou morando aqui em Brasília... Fui ao jogo contra o SP em Uberlândia e contra o Atl-PR aqui na capital... aqui o clima foi muito melhor.. não sei como seria contra um Flamengo ou Corinthians (que tem grande torcida aqui), mas contra times pequenos como os atléticos, chapecoense, etc, pode vir que seremos maioria esmagadora... o preço mais barato ajuda também.

    ResponderExcluir