27/04/2016


Parceria com a marca inglesa vai significar ampliação do leque
de produtos oficiais disponibilizados aos torcedores da Raposa

Vinícius Dias

Confirmado pelo Cruzeiro na última segunda-feira, o acordo com a Umbro terá como primeiro ato o lançamento da coleção de 2016, previsto para a segunda semana de maio. Apresentada pela diretoria celeste como "maior contrato da história do clube", a parceria com a marca inglesa também vai significar, nos próximos meses, a ampliação do leque de produtos oficiais disponibilizados aos cruzeirenses.


Já na primeira remessa de artigos, que chegará às lojas da rede oficial do clube entre os dias 10 e 13 de maio, conforme o Blog Toque Di Letra antecipou, haverá novidade. Além das camisas de jogo - padrão game - e da linha feminina, a Umbro vai confeccionar a linha torcedor - padrão fan. Com tecnologia alternativa à fit, empregada nos uniformes dos atletas, os modelos de torcedor terão preços mais acessíveis.

Umbro substitui a Penalty no Cruzeiro
(Créditos: Umbro/Cruzeiro/Divulgação)

O planejamento traçado pelo departamento de marketing do Cruzeiro em conjunto com a nova fornecedora contempla ainda o lançamento de uma camisa estilo retrô por temporada. Pelo cronograma, os trabalhos nessa linha, bastante explorada anteriormente durante parceria com a Rebook, serão intensificados pós-Olimpíadas. No segundo semestre, também está prevista a apresentação da nova camisa três.

Prováveis preços da linha

No momento, as partes finalizam os detalhes do lançamento dos modelos um e dois, de goleiros e de treinos, no próximo mês. "É uma coleção com desenho arrojado", comenta Róbson Pires, diretor comercial do Cruzeiro, mantendo o mistério. Segundo apurou a reportagem, as camisas de jogo devem chegar ao varejo na faixa dos R$ 300, enquanto a linha torcedor custaria R$ 250 e a feminina R$ 200.

8 comentários:

  1. Preços muito exorbitantes para o padrão do assalariado brasileiro, deveriam fazer um modelo abaixo de 100,00 para contemplar a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com este preço os piratas vão fazer a festa

      Excluir
  2. Concordo pois assim faz com que a concorrência desleal com os produtos piratas sobrevivam no mercado

    ResponderExcluir
  3. Produtos só para elite. Depois faz propaganda de time do povo!

    ResponderExcluir
  4. Ótima parceria. Visibilidade internacional para o Cruzeiro! Esperemos a volta de um futebol à altura da tradição do Clube... Títulos Cruzeiro! A Nação Azul precisa de Títulos! Principalmente Internacionais...

    ResponderExcluir
  5. Muito caro pelo padrão dos jogadores utilizados no Cruzeiro.

    ResponderExcluir
  6. Uma camisa de time nacional não poderia passar de 150 reais... Me admira quem se rotula time do povo cobrar um absurdo desse... Sem falar no atual elenco e o Futebol que vem sendo apresentado... Não vejo a hora do Gilvan sumir do Cruzeiro!

    ResponderExcluir
  7. 300,00??? vcs vivem em qual país???daqui um ano vendem essa mesma camisa por 90,00, igual fez com a penalty, o jeito vai ser esperar para comprar mais barato.

    ResponderExcluir