29/04/2016


Em Patos de Minas, clube discute alternativas para sequência
do ano; Ademir Fonseca e Follmann foram os primeiros a sair

Vinícius Dias

Graças à campanha histórica que culminou no título de campeã do interior mineiro, a URT assegurou o direito de disputar a Série D do Campeonato Brasileiro. Depois da queda diante do Atlético na semifinal do estadual, a diretoria do Trovão Azul tem como foco a viabilização financeira da inédita participação no torneio nacional. Várias reuniões internas e com possíveis investidores devem acontecer em Patos de Minas nos próximos dias. Nos bastidores, o clima é de otimismo.


"Alguns dos patrocinadores nossos querem participar. Nós vamos reunir também a diretoria. A maioria é a favor de disputar", destaca o presidente Roberto Túlio Miranda ao Blog Toque Di Letra, revelando que já houve, inclusive, conversas preliminares sobre a remontagem do elenco. Uma das alternativas discutidas pela URT é a antecipação do planejamento para a temporada seguinte, firmando contratos mais longos, especialmente com jovens jogadores.

Equipe pretende manter Mauro Viana
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

Além da comissão técnica e do goleiro Follmann, que já anunciaram suas saídas, a equipe terá pelo menos mais duas baixas para a sequência: o zagueiro Robinho, que negocia com o Mogi Mirim, e o meia Carlos Magno, prestes a acertar com o Tombense. Por outro lado, a intenção é manter nomes como o lateral-direito Alex e o zagueiro Mauro Viana, que passará por cirurgia no nariz nos próximos dias.

Premiação de R$ 120 mil

Na última terça-feira, três dias após a eliminação diante do Atlético, na Arena Independência, a diretoria do clube reuniu os jogadores e quitou a premiação referente à classificação para a fase final do Mineiro. Conforme apurou a reportagem, uma quantia de R$ 120 mil foi rateada pelo elenco semifinalista.

Elenco recebeu premiação na terça
(Créditos: Site Oficial da FMF/Divulgação)

A URT deverá integrar o grupo A12 do Campeonato Brasileiro da Série D, que ainda terá representantes de Espírito Santo (Desportiva ou Espírito Santo F.C.), Goiás (a princípio, Anápolis) e Rio de Janeiro (possivelmente, Volta Redonda). A estreia está prevista para o dia 12 de junho, no Zama Maciel, em Patos de Minas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário