25/10/2016

A quatro jogos de salvar a temporada

Douglas Zimmer*

Salve, China Azul!

Que sequência de jogos para o torcedor celeste, amigo! Depois da tensão quase palpável que tomou conta do Mineirão na última quarta-feira, quando o Cruzeiro conseguiu eliminar o Corinthians da Copa do Brasil, nesse domingo foi a vez de o torcedor sofrer em frente ao televisor acompanhando a magra, porém importantíssima e heroica, vitória diante do rubro-negro baiano, em Salvador. Ao bater o Vitória, além de manter o adversário na zona do rebaixamento, a Raposa viu a distância para a ameaça aumentar.


Com isso, o cenário que parecia tenebroso ou, no mínimo, preocupante, passou a se mostrar mais favorável ao Cruzeiro. O momentâneo alívio adquirido no Campeonato Brasileiro e a 'inesperada' presença entre os quatro melhores da Copa do Brasil podem recompensar uma torcida que tanto sofreu, mas que nunca deixou de apoiar a equipe. É como se a Raposa estivesse a dois jogos de ficar a outros dois jogos de salvar um ano perdido.

Ariel foi herói de triunfo em Salvador
(Créditos: Edson Ruiz/Light Press/Cruzeiro)

E se alguém tinha dúvidas de que o clube celeste apostaria suas últimas fichas na Copa do Brasil, elas devem ter sido pulverizadas com a escalação de um time quase que todo reserva diante do Vitória. Em um confronto no qual os três pontos eram fundamentais, dá para se dizer que Mano Menezes foi ousado ao poupar seus principais jogadores. Talvez tenha sido mais sorte do que juízo, mas o importante, por ora, é que a estratégia funcionou e o time vai com a bateria um pouco menos gasta para o primeiro jogo das semifinais.

Duelo dos maiores campeões

Porém, como sempre, o Cruzeiro não terá vida fácil. O Grêmio, que está há 15 anos sem conquistar um título importante, vem com foco total e prioridade declarada para conquistar a vaga na decisão. Nos dois jogos entre as equipes neste ano, uma vitória para cada lado. Os gaúchos venceram por 2x0 no turno, enquanto ganhamos pelo placar mínimo no returno. Sinal de um confronto completamente aberto, em que qualquer previsão seria leviana de minha parte.

Neste mês, Cruzeiro derrotou o tricolor
(Créditos: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

Sobre o Cruzeiro, o que dá para afirmar é que o time dá mostras de ter condições de encarar o desafio de igual para igual, caso mantenha a concentração e o nível de atuações que vem apresentando. Contando com a presença maciça da sua esperançosa torcida, a certeza é de que não faltarão luta e entrega. Que tudo o que for possível de ser feito para salvar este ano seja feito.

*Gaúcho, apaixonado pelo Cruzeiro desde junho de 1986.
@pqnofx, dono da camisa 10 da seção Fala, Cruzeirense!

3 comentários:

  1. Taí uma boa previsão para a semi. Repetir os resultados do Brasileiro, 1x0 pro Cru em BH e 2x0 pro Grêmio em POA.

    ResponderExcluir
  2. Sei não, está mais para 3 x 0 pro Cruzeiro em BH e 1 x 1 em POA

    ResponderExcluir
  3. Lembrando que os 2x0 no primeiro turno o time do cruzeiro estava totalmente perdido e mau treinado titulares eram Alano, Riascos, Bruno Ramires Gino e CIA, agora a história é outra apesar do ponto fraco ser a laterais o time ta muito e encorpado e muito mais bem postado, agora temos um time com grandes jogadores atuando bem, não vai ser fácil mas dará cruzeiro e o penta ficará mais perto.

    ResponderExcluir