13/03/2015

A mística das meias azuis

Vinícius Dias

Verde e vermelho à época de Palestra Itália, o Cruzeiro adotou o azul e branco em 1942, no contexto da II Guerra. Desde então, as diferentes combinações entre estas cores têm significados distintos para o clube. O uniforme branco, por exemplo, se tornou artigo frequente em momentos cruciais. O azul, conjugado com as meias brancas, deu o tom dos títulos brasileiros de 2013 e 2014. Neste ano, nos quatro primeiros jogos como mandante, o clube celeste recorreu a outro padrão: camisa azul, calções brancos e meias azuis.

Meias azuis: sucesso nos anos 1990
(Créditos: Site Oficial do Cruzeiro/Arquivo)

A configuração remonta a alguns dos períodos mais vitoriosos da história celeste. Foi assim que a equipe conquistou sua primeira Libertadores, em 1976, por exemplo. Mais recentemente, a combinação foi utilizada entre 1996 e 1999 e de 2001 a 2003. Em sete temporadas, o clube somou 14 conquistas, entre elas, Libertadores, Brasileiro, Recopa e duas Copas do Brasil. A partir de 2004, no entanto, a variação ficou restrita a algumas partidas como visitante.

A palavra do estatuto

Oficialmente, o Cruzeiro rejeita o discurso de mudança no padrão. "Nosso uniforme 1 é camisa azul, meias brancas, calções brancos. Vamos usá-lo sempre que possível", assegura ao Blog o supervisor de futebol Benecy Queiroz. O artigo 73 do estatuto do clube, contudo, indica meias brancas ou azuis, sem restringir possibilidades de combinação. Nos bastidores, a bancada italiana, por exemplo, defende o uso da cor azul.

Um comentário:

  1. Prefiro meias brancas. Assim junto com o short, dá um contraste, destacando mais a camisa azul. Talvez as fornecedoras de uniforme poderiam trabalhar melhor no design do meião, não simplesmente sendo totalmente branco ou azul. Cito exemplo o meião do uniforme da Seleção Brasileira em 94, onde tinha duas faixas, verde e amarela, em cima, e o escudo da CBF no meio. Era bem bonito. De qualquer forme os uniformes do Cruzeiro são lindos, e tanto azul quanto brancos, ambas as meias nos deram títulos.

    ResponderExcluir